Menu
SADER_FULL
sábado, 15 de maio de 2021
Busca
Brasil

Mulher vai cobrar dívida e acaba sendo agredida em Dourados

18 Set 2004 - 07h41

Ontem por volta das 14h, Elaine Gomes da Costa de 25 anos, vendedora e residente no Jardim Mato Grosso, foi até uma loja na Avenida Marcelino Pires, cobrar uma dívida de R$ 3.600.

As devedoras Sonia Teixeira e a filha Patricia Cristina Ferreira de 18 anos, agrediram fisicamente Elaine. A vendedora foi até o 1º Distrito Policial registrar boletim de ocorrência, quando as devedoras passaram em frente a Delegacia ameaçando Elaine.

Os policiais indignados foram atrás das duas que estavam em um veículo Palio de cor prata, e abordaram em frente ao Fórum na Avenida Presidente Vargas, momento em que houve um "barraco", desacatando a autoridade dos policiais.

As devedoras foram levadas ao 1º DP, onde ficaram cerca de uma hora presas. O boletim de ocorrência foi feito por desacato a autoridade, agressão e ameaça. No momento em que a Elaine estava na Delegacia, ela recebeu uma ligação da devedora Sonia, que difamando-a. O fato foi ouvido pelo Delegado títular Dr. Lazaro.

 

Dourados Agora

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada