Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

Moka: 99% dos diretórios querem saída da base de Lula

3 Dez 2004 - 15h54
O presidente regional do PMDB, Waldemir Moka, afirmou à reportagem do Campo Grande News que já recebeu a manifestação de quase 60 diretórios municipais e a “maioria esmagadora” defende a saída do partido da base aliada do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e, conseqüentemente, a entrega dos cargos ocupados pelos peemedebistas no governo federal. “Praticamente 99% dos diretórios defendem a entrega dos ministérios. O difícil é achar alguém que é a favor da permanência”, brincou Moka.
O peemedebista destacou que agora vai consultar amanhã as lideranças estaduais para fechar como será a postura do PMDB no Estado e que será apresentada na convenção nacional no dia 12 de dezembro. O encontro será a partir das 9h, no diretório regional, e deve reunir os principais líderes dos partidos, entre eles o prefeito André Puccinelli e o senador Ramez Tebet, além dos deputados estaduais, prefeitos e vereadores.
“Essa tem que ser uma decisão que realmente respeite a opinião das nossas bases e não uma decisão da cúpula do partido”, concluiu Moka, lembrando que a intenção dos peemedebistas, caso seja aprovado a entrega dos cargos, é apoiar o governo Lula no que for de interesse da população.
 
 
 
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada