Menu
SADER_FULL
terça, 9 de agosto de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
Brasil

MG investiga caso de estudante que teria sido barrada por roupa curta

6 Fev 2010 - 10h45Por G1

A Secretaria de Educação de Minas Gerais investiga o caso de uma estudante de 22 anos que teria sido impedida de assistir às aulas na Escola Estadual Modestino Andrade Sobrinho, em Sete Lagoas (MG), na terça-feira (2), por estar usando um vestido curto.

 

De acordo com a Secretaria, a diretora da escola informou que a garota teria sido impedida de entrar na sala de aula por uma professora. A estudante continua frequentando as aulas das demais disciplinas normalmente.

 

"Não houve uma denúncia formal da ocorrência. Ainda assim, uma equipe foi enviada à escola para apurar o caso e descobrir o que realmente aconteceu. Para mim, o aluno deve ser respeitado sempre, e tem que ficar na sala de aula em qualquer hipótese", diz ao G1 a superintendente de Sete Lagoas, Maria Ângela de Carvalho Guimarães.

 

O relatório deve chegar à Secretaria de Educação até terça-feira (9), para que as devidas medidas sejam tomadas.

Leia Também

TENTATIVA DE ASSASSINATO
Coroinha é esfaqueado no pescoço durante missa em igreja
AUXILIO CAMINHONEIRO
Caixa libera consulta ao Auxílio Caminhoneiro
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Casal que adotou 3 irmãos autistas vítimas de maus-tratos comove internautas
DESUMANIDADE
Polícia interdita casa de repouso por tortura e sequestro de idosos
DENUNCIADO POR VIZINHOS
Mãe e filho são executados e corpos escondidos dentro de sofá velho jogado em lote baldio
AUXILIO BRASIL
Governo amplia Auxílio Brasil e mais 23,7 mil famílias vão receber em MS
ASSASSINATO
Campeão mundial de jiu-jitsu, Leandro Lo morre após levar tiro na cabeça
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 261 óbitos e 40,4 mil casos em 24 horas
LENDA DO HUMORISMO
Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos
A CONTA GOTAS
Petrobras anuncia corte de R$ 0,20 no preço do diesel