Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 19 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Médicos do MS estão em Brasília para cobrar melhorias na área de saúde

26 Out 2010 - 16h12Por Assessoria

Preocupados com o futuro da saúde no país, o Conselho Federal de Medicina (CFM), a Federação Nacional dos Médicos (FENAM), a Associação Médica Brasileira (AMB) e os conselhos regionais, sindicatos de base e associações, vão se reunir hoje, em Brasília, em prol do movimento chamado: Mobilização Nacional pela Valorização da Saúde.

O objetivo é sensibilizar os gestores públicos, parlamentares e a sociedade em geral sobre a necessidade de respostas para assuntos que tratam da vida e do bem estar de toda a população. Durante o evento serão distribuídas cópias de documentos que tratam das reivindicações da classe médica.

Segundo a presidente do Sindicato dos Médicos (Sinmed-MS), Dra. Luzia da Silva Santana, falta investimento na saúde e isso faz com que os médicos fiquem sobrecarregados e a população desassistida “A estrutura é boa, porém se torna ineficiente pela falta de material humano, gerando descontentamento da população e consequentemente a falta de segurança. Estes são os principais fatores que levam a saúde pública à situação que está hoje”, diz a presidente.

Ela ressalta também que a má gestão dos recursos gera todos os problemas que envolvem a saúde pública. “O médico precisa ser bem remunerado, é preciso mais segurança nos postos de saúde, a violência não atinge só os profissionais da área, toda população fica prejudicada”, revela a Dra. Para o senador da república, Delcídio do Amaral, é preciso respeitar a PEC 29, que fala sobre a distribuição de 10% dos recursos arrecadados pelo governo Federal, para o investimento da saúde nos estados.

Ele argumenta que a falta de compromisso nas administrações voltadas para o setor é um sério problema que precisa ser resolvido. “No caso de Campo Grande é necessário que os hospitais sejam descentralizados, a Capital não aguenta mais atender toda a demanda do interior”, diz Delcídio. O senador também estará amanhã em Brasília em apoio às reivindicações médicas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caixa com cenouras de boa qualidade 100 DESPERDÍCIOS
Governo cria Rede de Bancos de Alimentos para combater desperdício
Ainda de acordo com a atualização, 567.369 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.753.082 se recuperaram. PANDEMIA
Covid-19: Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 134,9 mil mortes
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa abre 770 agências amanhã das 8h às 12h
Apesar do esforço médico a adolescente não resistiu. DESCARGA FATAL
Adolescente segura extensão de energia e morre após sofrer descarga elétrica
Assaltante magro está com um revólver na mão direito e boné na esquerda TERROR NA RODOVIA
Vídeo mostra ação extremamente violenta de ladrões em Rodovia
As imagens mostram que a vítima estava prestes a sair de moto VIOLENCIA NA CIDADE
Homem é flagrado agredindo e tentando atropelar a ex; veja vídeo
Bolsonaro autorizou estudos para a área. PROGRAMA ASSISTENCIAL
Após desistir do Renda Brasil, Bolsonaro autoriza criação de novo programa social
Bolsonaro com Ricardo Barros APREENSÃO
Gaeco cumpre mandado em escritório de Ricardo Barros, lider do governo Bolsonaro na Câmara
presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) AGORA
Maia testa positivo para Covid-19, informa assessoria do deputado
 Joice Pastre, 27 anos, morreu na última sexta-feira (11) GESTO NOBRE
Família doa órgãos de jovem que sofreu aneurisma cerebral