Menu
SADER_FULL
quinta, 16 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Marçal Filho visita Centro de Convivência de Idosos de Deodápolis

27 Mai 2010 - 17h16Por Wilson Amaral / Fátima News

O Deputado Federal Marçal Filho, é o relator do Projeto de Lei ( PL 4434) que recompõe as perdas salariais dos aposentados e pensionistas do INSS. O índice atual de correção aplicado pela Previdência Social reduz o valor inicial dos benefícios, quando expressos em número de mínimos. “Essa garantia de recursos para a recomposição é uma vitoria dos aposentados, que se mobilizaram em todo o país e que há muito reivindicam a correção dessa injustiça”, avaliou o parlamentar, que integra a Frente Parlamentar em Defesa dos Aposentados.

Os aposentados e participantes do Projeto Conviver receberam uma cartilha que explica de maneira didática e de fácil compreensão todos os itens da nova lei além dos direitos dos aposentados adquiridos através do Estatuto do Idoso.

Acompanhado da 1ª Dama Cirene Passarini do Prefeito Municipal Manoel Martins e do Coordenador do Projeto Conviver Professor João Batista, o Dep. Marçal Filho ressaltou que  “Trata-se tão somente do mínimo que esperam aqueles que construíram o Brasil de hoje, à medida que dedicaram uma vida inteira de trabalho ao País contribuindo com a Previdência, para garantir uma aposentadoria minimamente justa”, finalizou o parlamentar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Um missionário irado e inquieto
LARVAS
Vídeos mostram peixes frescos recheados de vermes; veja
REVOLTANTE
Bandidos invadem casa atirando e matam garota de 13 anos
URINA PRETA
População precisa ficar atenta ao comprar três tipos de peixes