Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Juventude do PMDB apóia Valter Pereira na eleição previa do PMDB

3 Dez 2009 - 09h00Por Diário MS
Prefeitos de pelo menos 60 municípios de Mato Grosso do Sul vão hoje à Assembleia Legislativa para cobrar dos deputados a aceleração do projeto que altera os critérios de rateio do ICMS. A proposta, que reduz a fatia dos 18 maiores municípios para aumentar o repasse às cidades menores, foi entregue em agosto por uma comissão de prefeitos, mas não avançou.

“Precisamos que seja aprovado esse ano para vigorar em 2011. Havia promessa de que seria posto em pauta”, afirmou o prefeito de Ribas do Rio Pardo, Roberson Moureira (PPS), em entrevista ao site “Campo Grande News”. Segundo ele, entre 20 e 25 municípios não têm como pagar o 13º salário dos servidores públicos por falta de recursos.

Pela proposta dos prefeitos, a cota igualitária passaria de 7% para 12%. Para isso, o ICMS Ecológico cairia de 5% para 2% e o critério de receita própria passaria de 3% para 1%. “Em Ribas, seria R$ 40 mil, R$ 50 mil a mais por mês para investir em custeio, transporte e serviços”, defendeu.

Ontem à tarde, o presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Beto Pereira (PSDB), garantiu, em entrevista a órgãos de imprensa na capital, que o movimento de grupo de prefeitos em torno de mudança nos critérios de divisão do ICMS é voluntário e não está sendo encabeçado pela entidade.

Beto Pereira disse que a Assomasul, na condição de instituição que representa os 78 municípios do Estado, não pode tomar partido, marcando posição favorável a movimentos de interesse restrito, a não ser que englobe a totalidade das prefeituras sul-mato-grossenses.

O dirigente disse ainda que não pode, contudo, impedir que os prefeitos interessados nesse tema se reúnam na Assomasul, uma vez que a entidade é de todos os associados.

“As portas da Assomasul estão abertas a qualquer prefeito, o espaço pertence a todos, não podemos impedir que uma reunião, independente do interesse, seja realizada”, justificou Beto Pereira, que não participará do encontro dos prefeitos, marcado para antes da visita à AL.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado