Menu
SADER_FULL
terça, 25 de janeiro de 2022
Busca
SEGURANÇA

Justiça ordena volta de 83 presos do semiaberto a presídio em MS

2 Fev 2010 - 07h55Por G1

Depois de liberar mais de 300 presos para cumprir pena em casa, a Justiça de Mato Grosso do Sul determinou o retorno de 83 dos presos considerado os mais perigosos.


Uma jovem, de 23 anos, passou mais de dez horas de terror. Ela foi violentada pelo ex-marido, que tinha acabado de sair da prisão. “Começou a me agredir, me jogou na cama, bateu minha cabeça na parede, começou a me enforcar", afirmou a mulher.

O agressor, de 24 anos, foi preso horas depois de cometer o estupro. Ele é um dos 141 detentos do presídio de Dois Irmãos do Buriti, que foram libertados pela Justiça há dez dias por falta de vagas em unidades de regime semiaberto.
Segundo a Polícia Civil, além dele, outros sete detentos foram presos cometendo crimes logo depois de serem soltos.


O governo do estado recorreu da decisão e conseguiu uma vitória parcial. A Justiça determinou que os presos mais perigosos, como aqueles que foram condenados por homicídio, estupro e latrocínio, retornem ao regime semiaberto por um período de 90 dias.


A partir desta segunda-feira, 83 presos têm dez dias para se apresentar no semiaberto urbano de Campo Grande. Quinze deles já fizeram isso: foram levados para o presídio de Dois Irmãos do Buriti, a pouco mais de 100 quilômetros de Campo Grande. O detento que não comparecer no prazo estipulado pela Justiça será considerado foragido. Para a Secretaria de Segurança Pública do Estado, o problema será resolvido com o tempo.


“Em março, nós estaremos, então, já inaugurando um presídio semiaberto em Campo Grande, que vai ter plenas condições de abrigar todos os internos desse tipo de regime”, declarou o secretário de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Wantuir Jacini.

Leia Também

ESTUPRO DE VUNERALVEL
Mãe vê partes íntimas vermelha, pergunta e filha de 2 anos aponta paro o tio
ACASALAMENTO DE COBRAS
Casal sucuri acasalando em rio assusta e impressiona turistas; veja vídeo
MEIO AMBIENTE
O número médio anual de relâmpagos do país aumentará para 100 milhões
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, Brasil registrou mais 135.080 casos e 296 mortes por covid-19
Fábrica de placas solares  ENERGIA SOLAR
Brasil atinge 1 milhão de consumidores com geração própria de energia solar
BRASIL 622.205 MORTES
Com recorde de 204.854 novos casos, Brasil registra 350 óbitos em 24 horas
ALARMANTE
Brasil bate recorde de casos diários de covid-19 com 204,8 mil
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab ainda tem 916 vagas para indígenas trabalharem nas lavouras de maçãs em SC e RS
BAIXA RENDA
Auxílio Gás: governo libera o pagamento no valor de R$ 52
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem um aumento e registra 351 mortes em 24 horas