Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 15 de abril de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Jovens debatem políticas públicas no seminário estadual

21 Out 2004 - 14h12
Com a meta de envolver o jovem na discussão das políticas públicas, o governo do Estado e o Instituto Brasileiro de Inovações pró-Sociedade Saudável Centro Oeste (Ibiss-CO) realizaram, na manhã de hoje, a abertura oficial do 2º Seminário Estadual da Juventude, no Sest/Senat, em Campo Grande.

A solenidade teve a presença da secretária de Estado de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária, Eloisa Castro Berro; da gerente executiva do Ibiss, Stella Márcia Scandola; do deputado estadual Pedro Teruel, coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, representando a Assembléia Legislativa; do diretor do Sest/Senat, Francisco Luis Fluminhan; da presidente da Associação de Conselhos Tutelares de Mato Grosso do Sul, Vânia Nogueira; do conselheiro Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Orlando Almeida Filho, e do representante da juventude, Diarlon César Torres.

Segundo a secretária Eloisa Berro, é importante ver o jovem falando de políticas públicas para o jovem, debatendo a cidadania. O Seminário contribui para que eles estejam mais preparados para lutar pela qualidade das políticas públicas e para a vida profissional e pessoal. Falando aos participantes do evento, Eloisa afirmou: “Quem sonha, luta com mais força e nós sonhamos com um Estado melhor”.

Participam do evento 140 adolescentes e jovens dos municípios de Batayporã, Corumbá, Dourados, Dois Irmãos do Buriti, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia, Paranhos, Ponta Porã, Camapuã, Rio Brilhante, Nioaque, Terenos, Itaquiraí, e Campo Grande.

A adolescente de Nova Alvorada do Sul, Andréia de Jesus da Silva, de 17 anos, que participa há dois anos do Programa Agente Jovem, levando informações sobre saúde, prevenção a doenças sexualmente transmissíveis, combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes, a alunos das escolas do município, considera o seminário importante para adquirir novos conhecimentos e ajudar a mudar a sociedade.

O primeiro seminário foi realizado em setembro do ano passado, também em Campo Grande, como uma preparação para os jovens que também participaram da 4ª Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente como delegados. Nesta segunda edição, a meta foi envolver o maior número de representantes de segmentos como os indígenas, negros, moradores da zona rural e da periferia, pessoas vivendo com HIV/Aids e grupos organizados de jovens.

A programação vespertina inicia-se, às 14 horas, com a mesa redonda “Políticas Públicas para a Juventude” e terá trabalho em grupo sobre os temas Jovem e Saúde, Jovem e Educação, Jovem e Assistência, Jovem e Políticas de Atendimento e Proteção, O Jovem e o esporte e lazer e Jovem e Primeiro Emprego. O evento encerra-se amanhã, 22 de outubro, às 17 horas, com a apresentação de propostas e encaminhamentos.
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore