Menu
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
sábado, 17 de abril de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Internet é bom lugar para procurar namorado, diz estudo

12 Jul 2004 - 14h55
A tendência de as pessoas passarem cada vez mais tempo em frente ao computador torna a internet um dos lugares mais adequados para se encontrar um bom partido. De acordo com uma representativa enquete do instituto de pesquisa Emnid, os sites de namoro na internet estão em conjuntura. Quase nove milhões de alemães procuram parceiros através dos serviços online de contato. Aproximadamente um em cada dois entrevistados acha que a internet é a mídia ideal para isso. Desta forma, os sites de namoro representam o terceiro "lugar" mais adequado para se para encontrar a pessoa certa, logo após os dois cenários clássicos: danceteria (58%) e trabalho (54,1%). Por outro lado, só 17% dos entrevistados elegem os anúncios pessoais em jornais e revistas como espaço adequado para conhecer gente nova. Segundo a pesquisa divulgada pela revista Stern, as pessoas se sentem mais à vontade se puderem se manter anônimas durante as primeiras trocas de palavras. Por trás de um pseudônimo, os internautas em busca de companhia se sentem mais relaxados para serem aquilo que são ou gostariam de ser. Na anonimidade, muitos adquirem mais autoconfiança. Por outro lado, mais que os contatos reais, os virtuais oferecem certos perigos. Não apenas o risco de o amor fantasiado durante dias ou semanas de romantismo virtual ir por água abaixo no momento do encontro. O que intimida muita gente é o risco de entrar em contato com um desconhecido "sem referências", algo que não é regra na socialização alemã. É por isso que muitos sites oferecem um filtro maior de segurança na seleção de seus usuários. A desvantagem é a burocracia: para isso, o interessado tem que fornecer seus dados pessoais e uma cópia da carteira de identidade. No entanto, os serviços de proteção ao consumidor não aconselham ninguém a permitir o registro de seus dados pessoas na internet, sobretudo porque o comércio de endereços ainda continua sendo um negócio bastante lucrativo. Afinal, dificilmente se pode garantir que as informações não vão parar em algum banco de dados por aí.
 
Corumbá Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa credita 1ª parcela do Auxílio Emergencial nesta quinta para nascidos em maio
mulher carro beltrao 1 VIDEO
Mulher cai e fica ferida após ser flagrada em cima de carro em movimento
DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições