Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 29 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Inmetro alerta sobre visitas domiciliares de falsos fiscais

23 Ago 2010 - 07h14Por

Conforme denúncias de consumidores de Campo Grande, algumas pessoas estão se passando por agentes do Inmetro para comercializar em residências mangueira GLP, mais conhecida como mangueira de gás de cozinha. Diante disso a Agência Estadual de Metrologia de Mato Grosso do Sul (AEM/MS), órgão delegado do Inmetro, esclarece que:

Não cabe ao órgão delegado do Inmetro comercializar ou fiscalizar em residências nenhum tipo de produto.

A AEM/MS realiza a fiscalização da mangueira de gás GLP somente nos estabelecimentos em que são comercializados.

O consumidor precisa estar atento no momento em que adquirir o produto, pois a mangueira GLP deve apresentar as seguintes informações no corpo do produto: nome ou logomarca do fabricante, símbolo de certificação (Inmetro e Organismo de Certificação de Produto - OCP), NBR 8613, número do lote, ano e vida útil (cinco anos após a data de fabricação não poderá ser comercializado), expressão “mangueira para gás GLP” e expressão “uso doméstico com regulador”.

Já na etiqueta que acompanha o produto devem conter as seguintes informações: utilizar somente com regulador de baixa pressão, utilizar em instalações domésticas de GLP, mangueira não deve atravessar e nem ser embutida em parede, fixar extremidades somente com braçadeiras apropriadas, não se deve efetuar qualquer tipo de emenda, não deve ser utilizada em fogões de embutir, não deve passar por trás do fogão, prazo de validade e comprimento nominal em metros (0,80m a 1,25m). As informações devem estar em língua portuguesa.

Dicas importantes ao consumidor: a venda da mangueira em rolo para ser cortada no ato da compra conforme a necessidade do consumidor é proibida. Por motivos de segurança são comercializadas mangueiras em apenas três tamanhos: 0,80m, 1,00m e 1,25m.

Mangueira de botijão também é um produto que apresenta data de validade e deve ser trocada, no máximo, a cada cinco anos para evitar possíveis incidentes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso