Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 28 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Índios aguardam para hoje demissão de chefe da Funai

11 Nov 2009 - 13h10Por Diário MS
Os índios acampados em frente à sede da Funai em Dourados esperam para esta quarta-feira a exoneração de Margarida Nicoletti da administração regional do órgão. Pelo menos cem guarani-kaiowá das aldeias de Dourados e do cone sul estão acampados na Praça do Cinquentenário desde sexta-feira à noite. O prédio está fechado por Ordem de Margarida que teme invasão do local.
  
Lucas Paiva, um dos líderes do movimento, disse que políticos de Mato Grosso do Sul devem se encontrar hoje com o presidente da Funai, Márcio Meira, para expor a situação enfrentada pela comunidade indígena do cone sul e pedir a demissão de Margarida Nicoletti. “Vamos esperar até 15h. Se não tiver uma posição da presidência da Funai, vamos partir para outras ações”, afirmou Paiva. Os índios ameaçam bloquear a MS-156, que corta a reserva de Dourados e liga a cidade a Itaporã, e a BR-163.
 
“Não tem mais jeito de dialogar com a Margarida. Com ela no comando, os índios não têm apoio nenhum. A luta dela não é a favor dos índios, é para se manter no poder”, declarou Lucas Paiva ao Campo Grande News nesta quarta-feira.

Leia Também

CARRO DESGOVERNADO
Aluno de 13 anos é atropelado e prensado contra muro de colégio por carro desgovernado
SOB INVESTIGAÇÃO
Amigos saem para pescar e encontram cadáver boiando em rio
DESASTRE AÉREO
Diretor da UPA que sofreu acidente aéreo no Pantanal morre em hospital
COVID-19
Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas
+ AUMENTO
Gasolina sobe pela 8ª semana seguida nos postos, aponta ANP
PAN AMERICANO JUNIOR
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
LIÇÕES DA BÍBLIA
Prefácio de Deuteronômio
ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore