Menu
SADER_FULL
domingo, 5 de abril de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Grécia conquista a Euro-04 e põe fim ao sonho de Portugal

5 Jul 2004 - 07h39
A Grécia voltou a vencer Portugal neste domingo, por 1 a 0, na final da Eurocopa-2004, no estádio da Luz, em Lisboa, e colocou fim ao sonho dos donos da casa e do técnico brasileiro Luiz Felipe Scolari, que buscava ser o primeiro a vencer a Copa do Mundo e a competição européia por países diferentes.

A equipe comandada pelo técnico alemão Otto Rehhagel foi a grande surpresa do torneio. Antes desta edição, os gregos jamais haviam vencido uma partida em fases finais da Euro. A única participação anterior em fases finais aconteceu em 1980, quando os gregos perderam duas partidas e empataram com a Alemanha por 0 a 0.

A Grécia não participava de uma competição de primeira linha do futebol mundial há exatamente dez anos. Em 1994, o país foi eliminado ainda na primeira fase da Copa do Mundo, disputada nos EUA.

A derrota portuguesa deve marcar a última oportunidade da chamada "geração de ouro" de Portugal, que conquistou o título mundial de juniores em 1991 e que tinha Figo e Rui Costa como principais jogadores, mas jamais conseguiu se firmar com uma conquista de expressão no futebol.

Antes de vencer os portugueses neste domingo, os gregos já haviam batido os anfitriões na fase inicial, por 2 a 1, no jogo de abertura. Nos mata-matas, eliminaram a França, campeã do torneio em 2000, e a Republica Tcheca, melhor equipe da primeira fase.

A primeira chance de gol neste domingo aconteceu aos 14min, quando o lateral-direito Miguel avançou pela direita, após toque de cabeça de Cristiano Ronaldo, e chutou rasteiro. O goleiro Nikopolidis tocou a bola com a ponta dos dedos e salvou o primeiro gol português.

Em um primeiro tempo apático, o único fato marcante foi a contusão do lateral-fireito Miguel, substituído por Paulo Ferreira aos 43min.

No segundo tempo, a Grécia voltou melhor e surpreendeu os portugueses logo no início da etapa. Aos 12min, após cobrança de escanteio de Basinas, Charisteas cabeceou com perfeição para marcar.

Após o gol, Scolari colocou Rui Costa, que declarou antes da partida que a final da Euro seria sua última aparição com a camisa portuguesa, no lugar de Costinha, em busca de obter mais ofensividade.

Na base da pressão, Portugal teve sua melhor chance de gol até então com Cristiano Ronaldo, que, aos 32min, recebeu lançamento do meio-campo, dominou, mas concluiu mal.

Três minutos mais tarde, novamente Cristiano Ronaldo perdeu boa oportunidade. Aos 35min, o jogador recebeu na entrada da área, chutou forte, mas a bola bateu no zagueiro Dellas e saiu em escanteio.

A última chance portuguesa aconteceu aos 44min, quando Luis Figo fez bela jogada, mas bateu rasteiro, para fora.
 
Folha On Line

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS NO MS
Coronavírus em MS, Confira os gráficos de como está a situação no Estado
MUNDO DA MÚSICA
Dupla de MS briga com Naiara Azevedo por publicar música sem autorização
332 MORTOS
Casos de coronavírus no Brasil em 3 de abril
TODOS CONTRA CORONAVÍRUS
Grupo Boticário doa 216 ton. de itens de higiene e anuncia apoio à compra equipamentos hospitalares
CORONAVÍRUS NO BRASIL
Mandetta responde críticas de Bolsonaro: 'quem tem mandato fala, quem não tem, trabalha'
252 MORTOS
Casos de coronavírus no Brasil em 2 de abril
ASSASSINATO
Menina de 13 anos que estava desaparecida é encontrada morta com sinais de espancamento
DOURADOS - POLONIO IMÓVEIS
Polonio Imóveis informa em como pedir a pausa de 3 parcelas no financiamento imobiliário da Caixa
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Farmácias abrem mais de 2 mil vagas de emprego; salários chegam a R$ 7.500
BRASIL 2019
Relembre os principais momentos esportivos do Brasil em 2019