Menu
BANNER IMPRESSORAS
domingo, 14 de agosto de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Glória de Dourados realiza a II Conferência das Cidades

30 Dez 2009 - 14h29Por Demerval Nogueira / Fátima News

A Prefeitura realizou no anfiteatro do Defap a II Conferência da Cidade de Glória de Dourados, que teve como tema principal, “Habitação, Saneamento Básico, Regularização Fundiária e Plano Diretor”. O palestrante Alex Walber, especialista em Planejamento e Gestão Ambiental, discorreu sobre diversos temas e discutiu com a população a necessidade da realização da Conferência, falando sobre os temas da II Conferência da Cidade de Glória de Dourados. Ele disse que combater as desigualdades sociais, transformando as cidades em espaços mais humanizados, ampliando o acesso da população à moradia, ao saneamento e ao transporte, segundo o palestrante, é uma necessidade premente. O Ministério das Cidades, criado pelo atual presidente da República, em 1º de janeiro de 2003, contemplando uma antiga reivindicação dos movimentos sociais de luta pela reforma urbana. Alex Walber argumenta, “a Conferência Nacional das Cidades é a grande oportunidade para identificar os possíveis avanços e também vislumbrar as dificuldades para poder implantar a Política Nacional de Desenvolvimento Urbano”, disse Walber salientando ainda, “com a integração da política urbana, com definições de diretrizes para o desenvolvimento do Plano Diretor, Política Fundiária, Mobilidade e Acessibilidade Urbana, Habitação e Saneamento Básico, que são fatores exponenciais para a sobrevivência na área urbana na atualidade”.

 

 

Segundo os especialistas no assunto, o Plano Diretor é uma lei municipal que estabelece diretrizes para a ocupação da cidade. Ele deve identificar e analisar as características físicas, as atividades predominantes e as vocações da cidade, os problemas e as potencialidades. É um conjunto de regras básicas que determinam o que pode e o que não pode ser feito em cada parte da cidade. É processo de discussão pública que analisa e avalia a cidade que temos para depois podermos formular a cidade que queremos. Desta forma, a Prefeitura em conjunto com a sociedade, busca direcionar a forma de crescimento, conforme uma visão de cidade coletivamente construída e tendo como princípios uma melhor qualidade de vida e a preservação dos recursos naturais. O Plano Diretor deve, portanto, ser discutido e aprovado pela Câmara de Vereadores e sancionado pelo prefeito. O resultado, formalizado como Lei Municipal, é a expressão do pacto firmado entre a sociedade e os poderes Executivo e Legislativo.

 

 

O prefeito Arceno Athas Júnior disse durante a realização da II Conferência da Cidade de Glória de Dourados que, “é necessário que se faça uma administração com um direcionamento correto, pois somente assim, nós vamos desenhar uma cidade condizente com a realidade e a necessidade da nossa população urbana”, dimensiona Athas esclarecendo ainda, “é isto que nós estamos procurando, ou seja, vislumbrando novos paralelos e raios de ações para que a nossa administração realize as obras necessárias dentro de um plano preestabelecido onde possa abranger todas as camadas sociais, com precisão absoluta, sabendo que os investimentos dos recursos públicos devem ser bem aplicados e que surtam os efeitos amplamente desejados, facilitando a vida da comunidade como um todo”, reitera o prefeito. Segunda dados estatísticos, as cidades brasileiras abrigavam, há menos de um século, cerca de 10% da população nacional e, hoje, a população urbana, gira em torno de 82%, representando um verdadeiro inchaço populacional urbanístico, com diversos fatores agravantes que acabam detonando uma verdadeira desigualdade social.

 

 

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas