Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Geraldo quer providências para a questão dos transplantes em MS

5 Fev 2010 - 16h25Por Dourados News

O deputado federal Geraldo Resende disse que ficou estarrecido ao ler na imprensa informações sobre o não funcionamento da Central de Transplantes de Mato Grosso do Sul. De acordo com matérias de jornais de Dourados e de Campo Grande, há cinco meses a Santa Casa suspendeu as cirurgias, obrigando 330 renais crônicos de MS a aguardar na fila de espera. O parlamentar disse que vai atuar, tanto em Brasília quanto em Mato Grosso do Sul, para articular, com as autoridades responsáveis, uma solução para o problema.
Geraldo afirma ter constatado que Mato Grosso do Sul regrediu neste quesito da saúde pública. “Quando fui secretário estadual de Saúde Mato Grosso do Sul conquistou, na época, a segunda posição em número de cirurgias de rins no País (por milhão de habitantes). Agora, o Estado despencou para a sexta colocação”.
De acordo com a imprensa, no ano passado, até outubro, a Santa Casa de Campo Grande fez apenas 14 procedimentos dessa natureza, enquanto que em 2001, quando Geraldo foi titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES) foram realizados no Estado 113 transplantes, sendo 46 de rim, 4 de coração, 62 de córnea e 1 de válvula cardíaca.
Para Geraldo Resende, a situação atual não pode continuar. Ele lembra que o transplante é uma terapia consolidada no mundo inteiro e possibilita importante sobrevida e reabilitação, a longo prazo, a pacientes que, de outra forma, não teriam esperança de cura. “Como médico e atual membro da Frente Parlamentar da Saúde vou envidar todos os esforços e articular, tanto em Brasília quanto em Mato Grosso do Sul, para que possamos encontrar a solução para esses problemas”, acrescenta.
Geraldo disse que ficou triste com as informações que leu nos jornais desta sexta-feira. “Nós que lutamos pela vida, que estamos diariamente na Câmara Federal em busca de recursos para a melhoria da saúde pública no país e em particular em nosso Estado, não podemos ficar inertes diante desse quadro”, afirmou.
O parlamentar finaliza, registrando que, em sua opinião “a imprensa exerce papel fundamental ao levantar questões como essas e levá-las ao conhecimento público. Desta forma, as autoridades são alertadas e cobradas e daí podem advir as soluções”.

Leia Também

COVID NO BRASIL
Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 24.934 novos casos de Covid-19
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Jovem morre após ser atingido por avião agrícola pilotado pelo pai
TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 87,4 mil casos e 133 mortes em 24 horas
HOMICIDIO EM SÉRIES
Bandido que comia olhos, orelhas e bebia sangue de vítimas é preso
COVID NO BRASIL
Brasil tem em 24 horas, mais 70.765 novos casos de covid-19