Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 21 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Frigorífico de peixe poderá gerar 1.500 empregos em Dourados

5 Mai 2011 - 08h21Por MS Notícias

"Queremos tornar Dourados uma referência na piscicultura". A declaração foi feita nesta quarta-feira (4/5), na Assembleia Legislativa, pelo deputado Laerte Tetila (PT), que é ex-prefeito da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul.

Tetila ressaltou que Dourados possui a única Embrapa com núcleo de pesquisa do peixe e que está implantando um frigorífico do peixe.

A obra do frigorífico, segundo Tetila, depende de um aterro, que será construído pela Prefeitura. "Estive no gabinete do Murilo Zauith e o prefeito garantiu que irá construir o aterro", disse.

O frigorífico irá processar 5 toneladas de peixe por dia e poderá gerar 1.500 empregos diretos e indiretos.

Para Tetila, a região de Dourados foi contemplada pela natureza com uma grade riqueza hidrográfica e a piscicultura é uma alternativa para diversificar a economia.

"É uma das atividades mais promissoras de Mato Grosso do Sul", afirmou.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GANGUE DO TIJOLO
Menores entre 13 e 17 anos formam bando e fazem 'arrastão'; veja vídeo
LUZ DO DIA
Empresário é executado com três tiros dentro de carro
SELFIE DA MORTE
Professora tenta tirar selfie e morre afogada ao cair no mar
tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro