Menu
SADER_FULL
quinta, 21 de outubro de 2021
Busca
Brasil

FHC diz que apoio a Chinaglia foi precipitado e vai rever

13 Jan 2007 - 07h25
O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, e uma das principais lideranças tucanas, chamou de "precipitado" o anúncio de apoio do PSDB ao candidato à presidência da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), conforme antecipou Eliane Cantanhêde. Ele afirmou que ainda há tempo para a legenda rever a decisão e indicou que o nome natural para o partido seria Aldo Rebelo (PC do B-SP).

"Quando estava em férias de Natal em Maceió, fui informado pelo deputado Aldo Rabelo de sua disposição de se candidatar à presidência da Câmara. Respondi que, se ele se mantivesse candidato, não veria como o PSDB pudesse votar no candidato do PT", afirmou ele, por meio de nota distribuída à imprensa.

A crítica do ex-presidente se soma à grita dos deputados tucanos, principalmente da bancada paulista, contra a escolha de Chinaglia. Na semana que vem, esses deputados articulam uma reunião para discutir o anúncio, feito pelo líder da bancada na Câmara, Jutahy Júnior (BA).

Oportunidade

Apesar da declaração explícita por Aldo, FHC afirma que a divisão da base governista na Câmara abre uma oportunidade para a oposição: "o anúncio posterior de eventual candidato de outros agrupamentos oposicionistas amplia o espaço para um diálogo político mais conseqüente na linha da independência do Congresso", diz ele.

A declaração é uma referência indireta à "Terceira Via", grupo de parlamentares que tenta lançar um novo candidato à sucessão da presidência e que conta com um grande número de deputados tucanos.

O ex-presidente conta ainda que relatou sua conversa com Aldo ao governador de São Paulo, José Serra, ao líder do PSDB na Câmara, Jutahy Júnior (BA), e e ao governador de Alagoas, Teotônio Vilela. "Por isso, me surpreendeu a decisão, que considero precipitada, assegurar ao PT os votos do PSDB, sem discussão política mais profunda sobre as implicações e conseqüências do gesto", acrescenta FHC.

"Ainda há tempo para as lideranças pensarem na opinião pública e nos milhões de brasileiros que esperam do PSDB uma posição construtiva, mas oposicionista, para que possamos manter a esperança de dias melhores", conclui o ex-presidente.
 
 
 
Folha

Leia Também

VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro
AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
TRAGICO ACIDENTE
Menino de 9 anos morre enforcado com corda de balanço