Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 11 de agosto de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
Brasil

Fátima do Sul apóia a idéia de implantação da Polícia Comunitária

13 Nov 2009 - 06h30Por Da Redação - Fátima News

A 1ª Companhia do 16º Batalhão de Polícia Militar realizou na noite de ontem (quinta-feira), 12/11/2009 a 1ª Audiência Pública para discutir Polícia Comunitária no município de Fátima do Sul.

 

 

Os cidadãos de Fátima do Sul, representantes do Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário; Ministério Público; presidentes de Bairros; Associação Comercial; Advogados; Lideres Religiosos; profissionais da Educação; entre outros, disseram SIM à Filosofia da Polícia Comunitária e Segurança Participativa na Cidade de Fátima do Sul, bem como defenderam a criação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública com Cidadania em nosso Município. A Audiência que teve início às 19h30min no Centro de múltiplo – CONVIVER, foi dividida em cinco etapas:

 

 

Na 1ª etapa foi ministrada uma Palestra com o tema: O que é Polícia Comunitária? Onde o 1° Ten. PM José Roberto de Souza, Chefe de Operações do 16° BPM, Promotor e Multiplicador da Filosofia de Polícia Comunitária pela Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), de forma sucinta e objetiva discorreu sobre o assunto, enfatizando que “Quando todos nós (Polícia e sociedade) estivermos convencidos de que o Sr. João lá da padaria; o Sr. Pedro lá do açougue; a Srª Maria lá da loja; a Ana lá do Cartório; etc... exercem uma função social essencial, pois eles estão naquele ponto todos os dias, vendo tudo e a todos, o que a Polícia não consegue e nunca conseguirá fazer, é que começaremos a fazer Segurança Pública de verdade”.

 

 

Na 2ª fase foi ministrada uma Palestra sobre o tema: Conselhos Comunitários de Segurança Pública com Cidadania, pelo Maj PM Welington Luis Santana Lopes, Sub Cmt do 16° BPM, Promotor; Multiplicador; e Instrutor de Direitos Humanos nos Cursos da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) relativos a Filosofia da Polícia Comunitária. Em sua fala o Major destacou que: “A verdadeira segurança não se improvisa! Prevenção é a chave do trabalho a ser desenvolvido e a segurança deve antecipar-se aos problemas”.

 

 

Na 3ª fase o Comandante do 16° BPM, Ten. Cel PM Isfrido Cabanha, o Delegado Titular da 1ª delegacia de Polícia Civil de Fátima do Sul, Dr. Antenor Camargo Leme e o Comandante do Corpo de Bombeiros local, Cap BM Rivaí Félix, no ato representado pelo 1° Sargento BM Odair Balduíno, falaram sobre a importância da Polícia Comunitária, firmando o compromisso de criar os Conselhos Comunitários de Segurança Pública com Cidadania, bem como disseminar a Filosofia da Polícia Comunitária em nossa cidade.

 

 

Na 4ª e penúltima fase da Audiência foi aberta à palavra ao Público presente. A Drª Ana Carolina, Juíza da Vara da Infância e Juventude de Fátima do Sul destacou que: “... A iniciativa é ótima, estão todos de parabéns, estou à disposição e quero fazer parte do Conselho...”. O Drº Paulo Roberto, Promotor de Justiça em Fátima do Sul disse estar muito feliz com a iniciativa e falando também em nome da Drª Suzi, Promotora de Justiça atuante na Vara da Infância e Juventude de nossa cidade, informou estar também “... o MP a disposição dos Conselhos...”.

 

 

A vereadora Maria Jorge Leite (Mariquinha) presidente da Câmara municipal de Fátima do Sul também fez questão de externar o apoio do legislativo local dizendo que: “... É hora da população assumir junto com a Polícia o seu Papel...”.

 

 

Representando o Poder Executivo local o Dr. Arnaldo Nardon, Secretário de Gestão Pública, disse que: “... A Polícia não está todas as horas em todo lugar, mas o cidadão esta, e ele têm que assumir o seu papel...”.

 

 

A Secretaria Estadual de Gestão Escolar, Josefa Lindacir esclareceu que: “... A educação é em qualquer época de sua vida um constante aprendizado. Em um futuro muito próximo segurança pública será trabalhado nas escolas...”.

 

 

O presidente da Associação de Moradores do Jardim Pioneiro, Sr. Jesus José Ferachim disse que: “... Fátima do Sul não pode perder essa chance, todos estão se colocando a disposição, cabe a nós se impor e abraçar a causa...”.

 

 

O presidente da Associação Comercial de Fátima do Sul, Fabiano Junior, disse que: “... a Associação Comercial está de portas abertas e disposta a participar desse conselho...”.

 

 

Finalizando a participação do Público presente o Vice Prefeito de Fátima do Sul, José Cassiano, (Teté), falou em nome da comunidade do distrito de Culturama e realçou: “Temos que ser criados juntos com a Polícia Comunitária, com o hábito da verdade, com coragem...”.

 

 

Na 5ª e última etapa foi convidado cada representante de Classe e demais presentes que estivessem convencidos da importância da implantação do Conselho Comunitário de Segurança Pública com Cidadania em nossa cidade para que assinassem um Termo de Intenção de Criação dos Conselhos. Sendo que todos os presentes se comprometeram assinando o referido Termo.

 

 

Logo após foi encerrada a Audiência e esclarecido a todos que assinar o Termo não significa necessariamente ser os conselheiros, trata-se de um compromisso de intenção, cujo objetivo principal é identificar aquelas pessoas interessadas para que as mesmas possam ser convidadas para a próxima Audiência Pública a ser realizada nos próximos 15 (quinze) dias.

Leia Também

NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas
ESTERILIZAÇÃO
Senado aprova redução da idade mínima para realização de laqueadura
ASSUSTADOR
VÍDEO: Tromba d´água é registrada no Litoral e assusta moradores
TEMPESTADE
Temporal derruba teto de UTI covid em hospital e pacientes são transferidos às pressas
COVID NO BRASIL
Brasil registra 365 mortes e 30,2 mil casos de covid-19 em 24 horas