Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Exportação de mel cresce 38% em fevereiro

21 Mar 2011 - 09h21Por Agência Brasil

Vendas somaram US$ 3,5 milhões, mostra levantamento feito pelo Sebrae com base em dados do Ministério do Desenvolvimento da Indústria e Comércio Exterior (Mdic).

O mel está se consolidando como um dos produtos nacionais recordistas na pauta de exportações.

Estudo elaborado pela Unidade de Agronegócios (Uagro) do Sebrae, com base em dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento da Indústria e Comércio Exterior (Mdic), aponta que as vendas para o exterior do produto totalizaram US$ 3,5 milhões em fevereiro, alta de 38% em relação a janeiro.

Outro recorde foi referente ao volume exportado, que registrou incremento de 29%, comparado com o mesmo período do ano anterior.

O preço do mel também subiu e atingiu a média nacional de US$ 3,28/ kg ou R$ 6,12/kg. Em janeiro, esse valor foi de R$ 5,54/kg.

“Nos últimos dois anos, o mel bate recorde sobre recorde. O preço não para de subir.

A média história do preço do mel, nos últimos 50 anos, é de US$ 1,5/kg. A média dos últimos cinco anos atingiu US$ 2,2/kg”, informa Reginaldo Barroso de Resende, coordenador nacional de apicultura do Sebrae (Rede Apis).

Nos próximos meses, as exportações deverão manter o patamar atual, com preço estabilizado na faixa de US$ 3,20/kg, de acordo com o coordenador. Se a taxa de câmbio estivesse mais favorável, o setor ficaria mais satisfeito, observa Resende.

Liderança paulista

A liderança das exportações continuou com São Paulo, responsável pela receita de US$ 1,29 milhão.

O segundo lugar ficou com o Rio Grande do Sul, com receita de US$ 984 mil, seguido pelo Paraná (US$ 865 mil), Ceará (US$ 620 mil), Piauí (US$ 418 mil), Santa Catarina (US$ 329 mil), Rio Grande do Norte (US$ 108 mil) e Minas Gerais (US$ 68 mil).

Os melhores preços foram registrados nas exportações cearenses (US$ 3,44/kg) e paranaenses (US$ 3,41/kg), ambos acima da média nacional (US$ 3,28/kg).

Vinte empresas exportaram o produto em fevereiro. Onze delas foram responsáveis por 30% das exportações no período, sendo quatro de São Paulo, duas do Paraná, duas do Rio Grande do Sul, duas do Ceará e uma de Santa Catarina.

Os maiores compradores externos do mel brasileiro foram : Estados Unidos (56%), Alemanha (20%) e Reino Unido (9,8 %). Entre os três, a Alemanha pagou o melhor preço ou US$ 3,29/kg.

O segundo melhor preço do produto foi pago pelo Canadá (US$ 3,55/kg), que gerou receita de US$ 215 mil.

Compradores norteamericanos desembolsaram US$ 3,25/kg, e os ingleses, US$ 3,24/kg, pelo mel brasileiro no mês passado 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GANGUE DO TIJOLO
Menores entre 13 e 17 anos formam bando e fazem 'arrastão'; veja vídeo
LUZ DO DIA
Empresário é executado com três tiros dentro de carro
SELFIE DA MORTE
Professora tenta tirar selfie e morre afogada ao cair no mar
tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro