Menu
SADER_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

Eu o decepcionei como treinador, diz técnico de Cesar Cielo

23 Ago 2010 - 13h56Por Folha Online

Os próximos meses serão de reavaliação. Cesar Cielo perdeu suas principais provas no Pan Pacífico e levantou o sinal de alerta: algo está errado em sua preparação.

Seu técnico, o australiano Brett Hawke, já planeja alterações no treinamento. Mas acredita que foi uma falha em seu relacionamento com o pupilo que deixou o campeão olímpico longe do degrau mais alto do pódio.

"Quando vi Cesar nadar aqui, percebi que não era o Cesar que eu conheço."

Neste ano, o treinador atravessa sua primeira temporada completa como "head coach" (diretor) da equipe de natação da Universidade de Auburn (EUA).

Com funções administrativas a cumprir, o australiano não tem sido presença constante na borda da piscina. Ele também terminou seu estudos de psicologia.

No Pan Pacífico de Irvine, encerrado neste domingo, Cielo conquistou três medalhas individuais. Nos 50 m borboleta, surpreendeu e levou o ouro. Nos 100 m livre, entretanto, ficou com o bronze. E, em sua prova preferida, os 50 m livre, conquistou a prata.

Depois dos 100 m livre, o nadador brasileiro, com os olhos marejados, disse que nunca mais deixaria aquilo ocorrer em sua carreira. Apesar de Cielo ter deixado a piscina de Irvine arrasado, Hawke acredita que essa foi a competição em que errar ainda era permitido.

"Aqui é um Pan Pacifico, não Jogos Olímpicos ou Mundial. Nós sabemos que podemos fazer melhor", afirmou.

"É importante para ele sentir isso. Aprender que é impossível vencer o tempo todo. É melhor sentir isso aqui do que no Mundial ou na Olimpíada", completou.

Hawke concorda com seu pupilo na avaliação sobre os erros nos treinamentos para esta temporada: eles deram muita atenção ao trabalho físico e pouca à parte aeróbica. De acordo com o treinador australiano, seu atleta precisa de "mais natação".

"A gente fez algo errado. Não é possível nadar melhor na temporada do que quando está descansado", afirmou o nadador no último sábado, após perder para o norte-americano Nathan Adrian o ouro nos 50 m livre.

"É alguma coisa que não estamos fazendo direito no treino. Alguma coisa está errada no meu estilo livre. Preciso ver o que mudar para o ano que vem", completou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada