Menu
SADER_FULL
sexta, 5 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Estado reajusta pauta fiscal do leite em quase 60%

9 Mai 2007 - 10h05

O governo do Estado, através da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda), publicou hoje a portaria nº 1868, de 8 de maio de 2007, que altera em até 57,89%, a partir do dia 11 de maio, o valor da pauta de referência fiscal do leite, no qual é calculado o valor do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) que incide sobre o produto.

Segundo a publicação, o valor do leite in natura para as operações internas salta de R$ 0,38 para R$ 0,60, já o valor do leite in natura para operações internas passa de R$ 0,52 para R$ 0,80. A portaria foi assinada pelo secretário de Estado de Fazenda, Márcio Sérgio Maciel Lorenzetto.

A Bancada do Agronegócio quer implantar a pauta eletrônica dos produtos agropecuários ainda no primeiro semestre deste ano para evitar a desatualização do valor incidente sobre o valor real da mercadoria. O funcionamento do sistema ainda está em estudo, mas a idéia é garantir agilidade na atualização do valor.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concurso federal com salário de até R$ 6 mil encerra inscrições nesta sexta-feira
100 ANUNCIOS
Covid-19: Bolsonaro ordenou atrasar boletins para não passar em telejornais
AUXILIO EMERGENCIAL
Veja se o seu CPF foi usado e como denunciar a fraude
3º EM NÚMERO DE VÍTIMAS
Com recordes seguidos, Brasil passa dos 34 mil mortos por coronavirus
COVID-19
Micro e pequenas empresas terão acesso a crédito facilitado
VÍDEO - CAPIVARA BOA DE MERGULHO
Capivara boa de mergulho é flagrada em rio de MS, assista
CASO DE POLÍCIA
Patroa é presa sob suspeita de homicídio culposo após filho de empregada cair do 9º andar
LUTA PELA VIDA
Cantora gospel que morreu por coronavírus, fez vaquinha para pagar tratamento
ELEIÇÕES 2020
Vai ter eleição, TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano
BOA NOTICIA
Auxílio emergencial deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300