Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 6 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Empresário de Nilmar é banido do futebol, mas pode recorrer

5 Mai 2007 - 07h30

O empresário do atacante Nilmar, Orlando da Hora, foi banido do futebol em julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva do Espírito Santo. O agente é acusado de ter tentado subornar um funcionário do Jaguaré, que receberia dinheiro para colocar sonífero na água dos jogadores.

O clube disputou a decisão do primeiro turno do Campeonato Capixaba contra o Vilavelhense, que tem Da Hora como gestor. O empresário João Haroldo Deorce também foi banido do esporte, mas o presidente do clube, Miguel Ângelo Trés, foi absolvido.

Anunciada pelo presidente do TJD, Segundo Meneguelli, a condenação aconteceu em julgamento realizado na noite de quinta-feira, mas ainda existe a possibilidade de recurso da decisão. Da Hora tem três dias para apresentar sua apelação.

 

 

Gazeta Esportiva

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concurso federal com salário de até R$ 6 mil encerra inscrições nesta sexta-feira
100 ANUNCIOS
Covid-19: Bolsonaro ordenou atrasar boletins para não passar em telejornais
AUXILIO EMERGENCIAL
Veja se o seu CPF foi usado e como denunciar a fraude
3º EM NÚMERO DE VÍTIMAS
Com recordes seguidos, Brasil passa dos 34 mil mortos por coronavirus
COVID-19
Micro e pequenas empresas terão acesso a crédito facilitado
VÍDEO - CAPIVARA BOA DE MERGULHO
Capivara boa de mergulho é flagrada em rio de MS, assista
CASO DE POLÍCIA
Patroa é presa sob suspeita de homicídio culposo após filho de empregada cair do 9º andar
LUTA PELA VIDA
Cantora gospel que morreu por coronavírus, fez vaquinha para pagar tratamento
ELEIÇÕES 2020
Vai ter eleição, TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano
BOA NOTICIA
Auxílio emergencial deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300