Menu
SADER_FULL
sábado, 8 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
Brasil

Empresário de Nilmar é banido do futebol, mas pode recorrer

5 Mai 2007 - 07h30

O empresário do atacante Nilmar, Orlando da Hora, foi banido do futebol em julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva do Espírito Santo. O agente é acusado de ter tentado subornar um funcionário do Jaguaré, que receberia dinheiro para colocar sonífero na água dos jogadores.

O clube disputou a decisão do primeiro turno do Campeonato Capixaba contra o Vilavelhense, que tem Da Hora como gestor. O empresário João Haroldo Deorce também foi banido do esporte, mas o presidente do clube, Miguel Ângelo Trés, foi absolvido.

Anunciada pelo presidente do TJD, Segundo Meneguelli, a condenação aconteceu em julgamento realizado na noite de quinta-feira, mas ainda existe a possibilidade de recurso da decisão. Da Hora tem três dias para apresentar sua apelação.

 

 

Gazeta Esportiva

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE NO MS
JBS oferece 600 vagas de emprego em 6 cidades de MS
VACINA COVID 19
Bolsonaro diz que vacina contra covid deverá estar disponível em dezembro
FALSIFICAÇÃO
Nota falsa de R$ 200 começa a circular
REABERTURA DO COMÉRCIO
Brasil e Paraguai podem reabrir comércio na fronteira em 10 dias, diz ministro
REINFECÇÃO EM ALERTA
Novo coronavírus tem segundas novas ondas de reinfecção e acendem sinal de alerta
FÁTIMA DO SUL - DICA CIA DO BICHO
Saiba o que são rações terapêuticas, Cia do Bicho destaca vários tipos, confira
BRASIL - 96.326 MORTES
Brasil tem 2.817.473 casos de Covid-19, indica consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo
BORA PRA BONITO - MS
Crie laços com a natureza em Bonito, MS!
LUTO NO CIRCO
Palhaço mais velho do Brasil morre aos 77 anos vítima de coronavírus