Menu
SADER_FULL
quinta, 28 de maio de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Em 2006, 86% dos salários tiveram aumento real

22 Mar 2007 - 13h19

O Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioecoômicos) divulgou agora há pouco o Balanço das Negociações dos Reajustes Salariais em 2006, apontando que 86% das 656 negociações de reajuste salarial acompanhadas pela instituição conseguiram aumento acima da inflação acumulada até a data-base da categoria no ano passado.

O levantamento indica ainda que em 96% das negociações em todo País os trabalhadores asseguraram, pelo menos, reposição da inflação acumulada até a data-base. Este é o melhor resultado já apurado pelo Dieese desde 1996, quando o levantamento começou a ser feito.

O Dieese informou que na maioria dos acordos firmados acima da inflação, 74% obtiveram até 3% de reajuste acima do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas).

Em cerca de 12% das negociações, o ganho real superou 3%, ao passo que entre as campanhas que obtiveram o reajuste abaixo da inflação, ou seja, 4% das negociações, o índice não foi menor do que 1%.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTES CONTINUAM
Brasil é o 2º país no mundo com infectados com o coronavirus
FRAUDE
URGENTE! 160 mil possíveis FRAUDES no auxílio emergencial de R$600
COVID-19
URGENTE! Zezé Di Camargo e Luciano testam positivo para a Covid-19
BONITO - MS - COVID-19
Pandemia faz empresas demitirem 29% dos funcionários do setor de turismo de Bonito (MS)
VITIMA DA COVID 19
'Mãe' de Jojo Todynho morre de Covid-19
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Dia dos Namorados é no O Boticário, confira o catálogo digital, entrega em casa em Fátima do Sul
COVID-19
Dois integrantes da banda de Zezé Di Camargo e Luciano testam positivo para coronavírus
FEMINICIDIO
Filha de 12 anos faz homenagem para vítima de feminicídio: 'te amarei para sempre'
ELEIÇÕES 2020
Líderes municipalistas confirmam inviabilidade das eleições 2020
INACREDITÁVEL
Cadeirante mudo assalta joalheria com arma nos pés; assista ao vídeo