Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Eleição presidencial no Vasco vira caso de polícia

13 Nov 2006 - 08h28
A eleição presidencial do Vasco, nesta segunda-feira, virou caso de polícia e sofreu intervenção da Justiça. A confusão começou quando o Movimento Unido Vascaíno (MUV), que lidera a oposição, denunciou irregularidades na lista de sócios aptos a votar - 45 deles têm mais de 110 anos (o mais velho, com 150) - além de outros também falecidos.

Com base nisso, a Justiça permitiu o acesso e a fiscalização dos representantes da chapa de Roberto Dinamite, candidato de oposição, a todos os locais de votação. O Ministério Público designou o promotor Carlos Andresano Moreira para fiscalizar a eleição.

A Delegacia de Defraudações abriu inquérito e intimou cinco membros da Junta Deliberativa do processo eleitoral, entre eles o presidente Eurico Miranda, que tenta a reeleição, para prestar esclarecimentos. O dirigente será ouvido nesta terça. “Se for comprovado que adulterou a listagem, ele (Eurico) pode responder por falsidade ideológica e, posteriormente, ser preso”, disse o delegado Fernando Vila Pouca de Souza.

Futuro do clube - Os 8.635 associados que compõe o colégio eleitoral escolherão entre as chapas encabeçadas pelo maior ídolo do clube, Roberto Dinamite, e o atual presidente, Eurico Miranda, cada qual formada por 160 conselheiros. Em janeiro, 120 conselheiros da chapa que ganhar, mais 30 da perdedora, além de 150 conselheiros natos elegerão o novo presidente.

Eurico Miranda, 59 anos, derrotado na disputa por uma vaga na Câmara Federal, tenta se reeleger pela Chapa Azul. Não apresentou propostas e criticou o adversário. “Não posso ter projeto. Sou presidente”, disse Eurico, na direção do clube desde 1980. “A diferença é que ninguém pode administrar o Vasco sem conhecer bem a instituição”.

Reeleito para o 4.º mandato na Assembléia Legislativa, Roberto Dinamite, 52 anos, da chapa Por amor ao Vasco, promete um novo modelo de gestão. “Vou recuperar São Januário com uma administração transparente. Quero buscar parcerias para tornar o Vasco forte no futebol e no esporte amador”.

A rivalidade entre os candidatos é antiga. Em 2002, Dinamite e seu filho tiveram que sair da Tribuna de Honra de São Januário, enquanto assistiam um jogo do Vasco contra a Ponte Preta pelo Campeonato Brasileiro. A ordem teria sido de Eurico.

 

 

Estadão

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro