Menu
SADER_FULL
quinta, 24 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Dilma afirma que as Farc não são problema do Brasil

1 Set 2010 - 12h51Por Terra

A candidata petista à presidência da República, Dilma Rousseff, afirmou nesta quarta-feira (01), que as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) não são problema do Brasil. A declaração foi feita após encontro com o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, em Brasília. "Nós temos uma posição clara em relação às Farc. Nós temos uma posição contrária ao narcotráfico e, portanto, não temos porque participar de qualquer atividade de pacificação ou diálogo com as Farc. Se a Colômbia alguma vez solicitar a presença do Brasil, nós iremos participar, caso não solicite, não temos porque participar, porque as Farc não são problema do Brasil", disse a candidata.

As Farc geraram polêmica entre a candidatura petista e tucana ao Palácio do Planalto depois que o deputado federal Indio da Costa, candidato a vice de José Serra, insinuou ligações entre o PT, a guerrilha colombiana e o narcotráfico. O caso gerou ações do PT na Justiça contra Serra por conta das declarações.

Questionada se o governo teria se sentido obrigado a dar explicações sobre a questão, a candidata negou. "Em momento algum o governo fez isso. Aliás, isso é muito mais uma questão do meu adversário do que da Colômbia. A Colômbia tem plena consciência do respeito que o governo Lula teve em todo esse episódio".

Segundo Dilma, no encontro foi discutida a parceria entre os dois países na área de segurança da fronteira e o presidente colombiano também teria pedido informações sobre a política de inclusão social e de agricultura familiar do governo Luiz Inácio Lula da Silva.

Em sua passagem pelo Brasil, Juan Santos também deverá se encontrar com outros candidatos à Presidência da República.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso
Na Pandemia, filas são imensas na CEF de Fátima do Sul-MS AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera hoje saques do auxílio emergencial para mais 3,6 milhões