Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 1 de abril de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

De olho em 2014, PSB de Eduardo Campos deixará governo Dilma Rousseff

18 Set 2013 - 15h49Por Terra

O presidente do PSB e pré-candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PE), colocará à disposição da presidente Dilma Rousseff os dois ministérios que o partido ocupa no governo federal. Campos não quer a pecha de aproveitador das agendas do governo Dilma para promoção dos correligionários que ocupam posição na Esplanada: Fernando Bezerra (Integração Nacional) e Leônidas Cristino (Portos).

?O movimento político está sendo aprovado em reunião da executiva nacional do PSB neste momento, mas fontes do partido dão como certa a saída da legenda da Esplanada. Segundo um interlocutor do PSB, “tudo indica” que a decisão deverá ser comunicada diretamente à presidente Dilma Rousseff por Campos ainda hoje. Responsável pela articulação política da Presidência, a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) disse desconhecer a intenção do partido e o Palácio do Planalto nega previsão de encontro entre Dilma e Campos.

A saída dos dois ministros inicia as mudanças que a presidente fará já de olho no cenário eleitoral do ano que vem. Até o fim do ano outros ministros devem deixar o governo, como a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, pré-candidata ao governo do Paraná.

Apesar de a candidatura de Campos em 2014 ser um fato claro nos bastidores em Brasília, entregar dois ministérios do seu partido é o gesto mais contundente de que o presidente do PSB deverá disputar eleição com Dilma Rousseff. Eduardo Campos não é um candidato ainda conhecido no País, mas interlocutores dizem que sua tentativa ao Planalto pode preocupar Dilma, uma vez que ele potencialmente roubaria votos no Nordeste, onde a presidente é mais bem avaliada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL 2019
Relembre os principais momentos esportivos do Brasil em 2019
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo abre inscrições para contratar 751 profissionais de saúde em MT
BRASIL - 175 MORTOS
Casos de coronavírus no Brasil em 31 de março
SEQUESTRO
Depois de quase 3 horas, homem que fazia ex-esposa de refém se entrega
DOURADOS - COMÉRCIO CONTINUARÁ FECHADO
Sem acordo, Délia diz que comércio continuará fechado na 2ª maior cidade do Estado de MS
JATEÍ - AÇÃO SOCIAL
JATEÍ: Detentas doam seus cabelos para pacientes com câncer do Hospital do Câncer de Barreto
SEU BOLSO
FGTS: trabalhador tem até hoje para fazer saque de até R$ 998
COVID-19
VÍDEO: Com irmão internado, cantor Mariano está assintomático para o novo coronavírus
NO LIMITE
"A gente já chegou no limite", diz Bolsonaro sobre economia do país
SHOW HUMANIZADO
Com 5 horas de live, Gusttavo Lima arrecada 100 mil para combater o Covid-19