Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 12 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Cresce avaliação positiva do governo Lula

10 Ago 2004 - 15h12
A 71a rodada da pesquisa CNT/Sensus, apresentada hoje pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra que a avaliação positiva do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva cresceu de 29,4% em junho deste ano para 38,2% em agosto. Segundo o presidente da CNT, Clésio Andrade, é possível creditar a melhora da avaliação à questão econômica. Para ele, já está havendo geração de emprego e uma pequena retomada do crescimento.

A pesquisa também avaliou a opinião dos entrevistados sobre as eleições para a Presidência da República em 2006. Se a eleições fossem hoje, Lula ficaria em primeiro lugar, com o apoio de 34,4% dos entrevistados. Já Ciro Gomes e Anthony Garotinho apresentariam empate técnico na segunda posição, com 15,3% e 13,8%, respectivamente.

A pesquisa entrevistou 2 mil pessoas entre os dias 3 e 5 de agosto, em 195 municípios brasileiros. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

MAIS UM
Vírus com potencial pandêmico é detectado pela Fiocruz no Paraná
VÍTIMAS DE COVID-19
Mãe de médico morre horas após o filho e dois dias após o pai, vítimas da covid
VÍTIMA DE COVID-19
Covid tira de cena um dos últimos montadores do carro brasileiro
CD TRIBUTO AO PADRE ZEZINHO
No ano em Padre Zezinho faz 79 anos, Manoel Caires lança seu primeiro CD 'Tributo ao Padre Zezinho'
PAGAMENTO DO AUXILIO
Confira o calendário para saque em dinheiro do auxílio emergencial
AUXILIO EMERGENCIAL
Governo vai liberar mais 1,5 milhão de auxílios. Saiba como reclamar se o seu for negado
NÚMEROS DA ÚLTIMAS 24H
Os números da covid-19 no Brasil, atualizados diariamente
RECUPERAÇÃO
Dinho Ouro Preto revela sequelas após covid-19, ele já teve gripe suína e dengue
SOS SAUDE
Em 24 horas, nove pessoas morrem em casa pela covid-19 sem atendimento médico
BORA PRA BONITO - MS???
Bonito (MS) irá operar com tarifa de baixa temporada até 18 de dezembro e descontos de até 60%