Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 27 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Consumo de carne suína aumenta em 2010

29 Mar 2011 - 17h26Por

O consumo de carne suína no Brasil aumentou em 2010, passando de 13 quilos para 14 quilos per capta.

Com este resultado, o Plano Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS) atinge 50% da meta estabelecida no lançamento do projeto, em 2009, de ampliar o consumo per capta para 15 quilos/ano até 2012.

O dado foi apresentado nesta segunda-feira (28/3), em Brasília, durante reunião do Conselho Consultivo do PNDS, desenvolvido em parceria pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e associações estaduais de suinocultores.

Para o presidente da Comissão Nacional de Aves e Suínos da CNA e da Federação da Agricultura e Pecuária do Distrito Federal (FAPE-DF), Renato Simplício Lopes, parte desse resultado é atribuído ao trabalho feito nos Estados para estimular o consumo do produto.

Outro fator que contribuiu para o aumento foi a alta do preço da carne bovina, que fez o consumidor optar por outros tipos de carne, como a suína e a de aves.

Na sua avaliação, com a expansão, melhorar a imagem da carne suína torna-se cada vez mais importante para o setor.

“Este é um projeto de sucesso e com grandes parcerias. Com certeza continuaremos atingindo nossas metas”, destacou.

Apesar dos primeiros resultados serem positivos, há muito a ser feito. “O consumo é muito baixo, quando vemos países como a Áustria consumirem 76 Kg per capta/ano”, ressaltou Simplício.

O secretário executivo do SENAR, Daniel Carrara, que também participou da reunião, destacou os trabalhos de capacitação feitos pela entidade para a execução do PNDS.

“Vamos dar continuidade ao trabalho já desenvolvido, sempre na expectativa que os resultados atendam nosso cliente final, que é o produtor”, afirmou Carrara.

Entre as atividades desenvolvidas pelo SENAR está a capacitação de multiplicadores, profissionais que repassarão os novos conhecimentos de manejo e tecnologia aos criadores de suínos.

Dessa forma, os produtores terão condições de oferecer produtos de qualidade. Até o momento mais de cinco mil pessoas já foram capacitadas.

Até agora, o PNDS já foi implantado no Ceará, Bahia, Minas Gerais, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e no Distrito Federal.

Também participaram da reunião o presidente da ABCS, Irineu Wessler; o conselheiro de mercado da ABCS, Rubens Valentini; o diretor técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos; o diretor administrativo e financeiro do Sebrae, José Cláudio dos Santos e o gerente de agronegócio do Sebrae, Ênio Queijada.(Assessoria de Comunicação CNA / www.canaldoprodutor.com.br)

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARCERE PRIVADO
Homem é preso por cárcere privado e violência doméstica após mulher pedir socorro com foto nas redes
NOVO AUXILIO
Presidente afirma Auxílio emergencial deve voltar em março, com parcelas de R$ 250
ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Covid-19: Brasil registra 1.541 mortes em 24 horas
MUNDO DO CRIME
Após morrer de Covid-19 no mesmo dia, casal tem oficina invadida e furtada
TRISTEZA NA FAMILIA
Pai e filho morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença
CNH GRÁTIS
CNH Grátis: 8 mil carteiras gratuitas liberadas pelo DETRAN; inscreva-se
FINAL DA COPA DO BRASIL
Quem será o campeão da Copa do Brasil?
DIVIDA PÚBLICA
Dívida pública sobe em janeiro e atinge R$ 5,06 trilhões
ALÔ NAÇÃO RUBRO-NEGRA
VÍDEO: 'Jorge' o Urubu queridinho de Culturama viraliza nas redes sociais da Nação Rubro-Negra
LOCKDOWN
Com explosão de casos de covid, e 14 deputados infectados A. Legislativa volta a fechar as portas