Menu
SADER_FULL
sábado, 15 de maio de 2021
Busca
Brasil

Congresso aprova aumento de 10% para militares

15 Set 2004 - 09h26
O Congresso garantiu nesta terça-feira R$ 784 milhões para o aumento de 10% para 565 mil militares ativos, inativos e pensionistas. Com isso, as remunerações de setembro, pagas em outubro, devem vir com acréscimo. Tudo depende de o governo federal publicar uma medida provisória prevendo os novos salários, o que deve acontecer nos próximos dias.

Em uma sessão tumultuada, senadores e deputados federais aprovaram nesta terça o Projeto de Lei 49/04, que altera o Orçamento de 2004. Entre as mudanças, a carreira militar das Forças Armadas foi acrescentada entre aquelas que terão reestruturações este ano. Isso teve que ser feito porque o governo não tinha previsto recursos para este ano.

- Nasceu o filho. Estamos aguardando uma medida provisória ainda hoje - diz o deputado federal Jair Bolsonaro (PTB-RJ).

O projeto também aumenta o limite para contratação no Judiciário. Serão mais 305 cargos e funções. O texto acrescenta ainda R$ 166 milhões para custear o aumento da Gratificação de Atividade Judiciário (GAJ).

 

Jornal Extra

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada