Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Confira quem está na mira da parceria corintiana

1 Dez 2004 - 07h35
Após a contratação de Carlos Tevez, contratado do Boca Juniors, o Corinthians e o Grupo MSI (Media Sports Investiment) já correm atrás de novos reforços. E os eleitos já tiveram até seus nomes divulgados. Entre eles estão França (Bayer Leverkusen), Athirson (Flamengo), Dininho (São Caetano), Javier Mascherano (River Plate) e Lisandro López (Racing).

O atacante França, que está insatisfeito no Bayer Leverkusen, da Alemanha, é o novo eleito de Kia Joorabchian, representante da empresa estrangeira, para batizar a parceria com o Corinthians.

"Existe uma boa possibilidade do França voltar ao Brasil para jogar no Corinthians na próxima temporada", confirmou o empresário do atleta, Wagner Ribeiro.

O procurador esteve reunido com Kia há cerca de um mês. Na pauta estava o interesse do iraniano em comprar Robinho, craque do momento no Brasil. Ao ouvir de Ribeiro que o santista só deixa a Vila Belmiro para atuar na Europa, Kia se interessou por França, sonho antigo do Corinthians.

"O França quer voltar para o Brasil. Não seria um investimento como o MSI pretende fazer com o Tevez, garoto de 20 anos. O França não traria retorno financeiro para a empresa, já que tem 27 anos e não voltaria para a Europa. Mas seria essencial num time que pretende ganhar títulos", falou Wagner Ribeiro.

O procurador já negocia com o Leverkusen a liberação de França sem custo. Com mais dois anos de contrato na Alemanha, o atacante recebe 140 mil euros por mês (cerca de R$ 490 mil), salário alto para um jogador que está no banco de reservas e em baixa com o técnico Klaus Augenthaler, que parece não gostar muito de brasileiros.

Ribeiro também já avisou Joorabchian: França não volta para receber menos do que R$ 300 mil por mês. O contrato firmado com o Corinthians seria de cinco anos. Após isso, aos 33 anos, o jogador poderia até encerrar a carreira.

França desembarca no Brasil no dia 14 de dezembro, para passar o Natal. Separado da mulher, ele vive na Alemanha com seus pais. Resta saber agora se ele retornará à Europa para o Ano Novo.

O lateral-esquerdo Athirson afirmou que ainda não recebeu nenhuma proposta do MSI para reforçar o Corinthians no próximo ano. O nome do jogador do Flamengo está numa lista de possíveis contratações da nova parceira corintiana.

"Não fui consultado, meus empresários não me falaram nada. Tenho contrato com o Flamengo até o final de dezembro e, de repente, eles estão esperando o Flamengo ter certeza que não vai cair para me passar a proposta", disse Athirson.

O jogador, que teve uma passagem pelo Santos em 1998, empolgou-se com a possibilidade de voltar ao futebol paulista.

"Gostaria de voltar para São Paulo, um futebol que tem uma ótima estrutura. Tive uma bela passagem pelo Santos e se tiver uma oportunidade ficaria muito feliz em voltar", finalizou, em entrevista à TV Record.

O zagueiro Dininho é mais um na ambiciosa lista de reforços pré-traçada pelo iraniano Kia Joorabchian, presidente do Grupo Media Sports Investment, para o Corinthians. O executivo, que está na argentina tratando da negociação do meia Tevez, sua principal promessa na campanha pela aprovação da parceria com o Corinthians, fez uma relação de possíveis reforços e já até realizou alguns contatos.

Dininho está na mira do MSI. O empresário de Dininho, Bruno Pontes de Paiva, garante que ainda não foi procurado.

"Por enquanto, nada oficial. É claro que a gente fica satisfeito com essa notícia, o Corinthians é um clube grande e qualquer um teria interesse em jogar lá. Não tenho noção exata da situação financeira do clube e não sei precisar a multa rescisória do Dininho, mas acredito que o Corinthians poderia contratá-lo."

Dininho tem contrato até dezembro de 2005 com o clube do ABC. Apesar da negativa de seu empresário, o jogador já sabe do interesse do Corinthians. No treino de sábado, falou sobre o assunto com companheiros de equipe.

A passagem de Kia Joorabchian pela Argentina parece não ter se limitado apenas a contratação do atacante Carlos Tevez, do Boca Juniors, por US$ 18 milhões. Segundo o diário esportivo argentino Olé, o representante do grupo MSI no Brasil também negocia a contratação do meio-campo Javier Mascherano, do River Plate e da seleção argentina.

Outro interessado do MSI é o atacante Lisandro López, do Racing, artilheiro do campeonato argentino, com 11 gols. Em entrevista à rádio La Red, o presidente do River, José Maria Aguilar, negou qualquer negociação de Mascherano com o clube brasileiro.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho