Menu
SADER_FULL
domingo, 26 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Conab considera especulativa a alta no preço do feijão

8 Jun 2010 - 14h53Por Agência Brasil

A expectativa de uma safra de grãos recorde para o período 2009-2010 deixou o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Edílson Guimarães, com a certeza de que não haverá, no Brasil, problemas de abastecimento desses produtos no Brasil. Nem mesmo o feijão, que entre os grãos foi o que apresentou maiores altas de preço, preocupa o secretário.

A garantia do secretário foi reforçada pela equipe de técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), durante a apresentação dos resultados do nono levantamento da safra 2009-2010.

“Nós disponibilizamos feijão dos nossos estoques e a falta de compradores indica que o motivo da alta é meramente especulativa. Portanto o mercado deve se estabilizar daqui a 15 dias ou um mês”, disse o diretor de Operações da Conab, Rogério Colombini.

O aumento do preço do feijão se deveu à escassez de feijão novo na praça, no período entre a segunda e a terceira safra. Mas, segundo o diretor de Política Agrícola e Informações da Conab, Sílvio Porto, a terceira safra dá uma projeção de que haverá recuperação, por causa do aumento de área plantada, não havendo, portanto, preocupação falta.

“Para sinalizar que o governo atuará para segurar o preço, a Conab disponibilizou o feijão que estava nos estoques públicos pelo preço de R$ 90 [a saca]. Praticamente não conseguimos comercializar o produto, que está sendo vendido a R$ 140”, informou Porto.

A alta pontual do feijão não diminuiu o otimismo do secretário do Ministério da Agricultura. “Chegamos em uma safra recorde, e isso é muito bom para o país porque garante que não teremos problemas de abastecimento. Os preços estarão mais baixos para os consumidores e, com o apoio do governo, o produtor terá seus preços garantidos”, disse Guimarães.

Segundo ele, o crescimento da safra brasileira se deve, em primeiro lugar, ao “clima bastante favorável”. Além disso, ele aponta o fato de os preços estarem remunerando de forma satisfatória os produtores. “Como há perspectiva de uma boa remuneração, eles plantaram e, com a ajuda do clima, a colheita foi boa”.

A estimativa da Conab é de que a safra de grãos para período 2009-2010 chegue a 146,9 milhões de toneladas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESASTRE AÉREO
Diretor da UPA que sofreu acidente aéreo no Pantanal morre em hospital
COVID-19
Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas
+ AUMENTO
Gasolina sobe pela 8ª semana seguida nos postos, aponta ANP
PAN AMERICANO JUNIOR
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
LIÇÕES DA BÍBLIA
Prefácio de Deuteronômio
ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"