Menu
BANNER IMPRESSORAS
sexta, 12 de agosto de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Chuva deixa mais de 3 mil desalojados no RJ

9 Mar 2010 - 06h00Por Uol Notícias

Mais de três mil pessoas continuam desalojadas no Rio de Janeiro por conta do temporal do fim de semana, segundo levantamento feito pela Coordenação da Defesa Civil do Estado divulgado hoje. As chuvas deixaram seis mortos, quatro na capital e dois em Niterói.

 

Segundo o relatório, 3.048 pessoas continuam em abrigos em função das fortes chuvas que atingiram vários municípios fluminenses no fim de semana. Deste total, 3.015 estão desalojadas e 33 desabrigados.

 

Apesar da água já ter começado a baixar, em São Gonçalo ainda existem diversos pontos alagados. O município é o que concentra maior número de vítimas: 2.905 mil desalojados. No Rio de Janeiro também há seis desalojados. As inundações ocorreram nos bairros Jardim Catarina Velho e Novo México. Em São Pedro da Aldeia, onde também ocorreram inundações, são 94 desalojados e oito desabrigados.

 

Já em Saquarema, são 10 desalojados e 25 desabrigados. No município as chuvas provocaram deslizamentos no Bairro Jardim, e, além das edificações danificadas e destruídas, a Defesa Civil Municipal mantém interditadas preventivamente 10 residências.

Leia Também

NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas
ESTERILIZAÇÃO
Senado aprova redução da idade mínima para realização de laqueadura
ASSUSTADOR
VÍDEO: Tromba d´água é registrada no Litoral e assusta moradores
TEMPESTADE
Temporal derruba teto de UTI covid em hospital e pacientes são transferidos às pressas
COVID NO BRASIL
Brasil registra 365 mortes e 30,2 mil casos de covid-19 em 24 horas