Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

Celulares devem ganhar carregador sem fio universal

28 Jul 2010 - 05h27Por G1

O consórcio Wireless Power Consortium concluiu a padronização de um carregador sem fio para dispositivos móveis. Agora, o sonho de carregar qualquer celular sem precisar de fios ficou mais perto da realidade. A tecnologia escolhida foi a de indução magnética.

Na sexta-feira (23), o consórcio disse que chegou a um acordo em relação às especificações para três áreas-chave do padrão de baixa potência Qi, que é baseado na tecnologia de indução magnética.

As três áreas são de definição de interface, que descreve os requisitos para a transferência de energia entre o transmissor e o receptor; os requisitos de desempenho; e procedimento de teste para o cumprimento do padrão.

As especificações para a definição de interface foram liberadas para os membros do consórcio, e o lançamento público foi marcado para 30 de agosto. Informações sobre outras normas, no entanto, serão dadas apenas aos membros do grupo, de acordo com a aliança.

O anúncio significa que os fabricantes membros podem a partir de agora começar a trabalhar em dispositivos baseados em Qi, embora cada peça de hardware ainda precise ser certificada no futuro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada