Menu
BANNER IMPRESSORAS
segunda, 8 de agosto de 2022
SADER_FULL
Busca
Brasil

Cães farejadores são usados durante a Operação Cadeado

9 Nov 2010 - 16h48Por Campo Grande News

Para auxiliar na operação Cadeado, principalmente nas fiscalizações em ônibus, o 11 RCMec (Regimento de Cavalaria Mecanizada) conta, além do arsenal que está sendo todo utilizado, com cães farejadores, treinados especialmente para encontrar entorpecentes.

O comandante do 3º esquadrão do 11 RCMec Éderson Sasso da Silva, explica que cachorros são usados geralmente pela PE (Polícia do Exercito), sendo treinados para encontrar não somente drogas, mas também explosivos.

Devido ao fato de a operação Cadeado acontecer todos os anos, foi observado a necessidade de montar um canil de treinamento no regimento. “São cães da raça labrador utilizados nesse tipo de operação. O treinamento varia de 1 a 2 anos. Por diversas vezes a ação dos cães foi eficiente”, explica Éderson.

O adestramento é feito de forma a estimular o animal a procurar a droga. Para tanto, é colocada uma porção de entorpecente dentro de um brinquedo, sendo que o cão, ao brincar e encontrar o objeto recebe agrados em troca.

Assim, diante de um bagageiro de ônibus cheio de malas e em contato com o bastão o cão busca pelo cheiro onde e encontra a droga. “Ele é estimulado todo dia”, explica o comandante.

Afeto – Mas não é somente de treinamentos práticos que os cães do exército são preparados. Sargento Frazão é o responsável pelo canil e conta que os militares acabam se apegando aos bichos.

“É muito importante conquistar o animal primeiro. Para trabalhar a primeira coisa que o animal tem que ter é o vínculo. O animal é do Exército, mas existe aquele vínculo de dono do animal”, explica Frazão.

A vida útil do cachorro no Exército varia de 6 a 7 anos. Quando esse tempo acaba, os militares podem solicitar aos superiores para ficarem com os bichos. Frazão conta que não tem um animal preferido, mas não poderá ficar com um deles, pois está sendo transferido para a terra natal Paraíba.

“Com certeza vai ficar saudade e a lembrança dos bons tempos”, diz Frazão.

O Campo Grande News acompanha a operação Cadeado a convite do CMO.

Leia Também

COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 261 óbitos e 40,4 mil casos em 24 horas
LENDA DO HUMORISMO
Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos
A CONTA GOTAS
Petrobras anuncia corte de R$ 0,20 no preço do diesel
100 PERÍCIA
Senado aprova regras que podem dispensar perícia médica do INSS
CAIXA PARA ELAS
Caixa anuncia programa voltado para o público feminino
COVID NO BRASIL
Brasil registra 265 novas mortes por Covid nas últimas 24 horas
CONFUSÃO DE TORCIDAS
Briga entre torcida do Flamengo e Corinthians deixa feridos em Campo Grande; veja vídeos
PREOCUPANTE
Covid-19: Brasil registra 295 óbitos e 34,4 mil casos em 24 horas
SOB INVESTIGAÇÃO
Brasileiro e estudante de medicina é encontrado morto em carro na fronteira
MILAGRE DA MEDICINA
Siameses brasileiros unidos pelo crânio são separados após 9 cirurgias