Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 2 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Brasil e Turquia assinam acordos comerciais amanhã em Brasília

27 Mai 2010 - 10h46Por Agência Brasil

Após formarem parceria na área de política internacional na crise gerada pelo programa de enriquecimento de urânio iraniano, Brasil e Turquia assinam amanhã (26) uma série de acordos para estreitar o relacionamento comercial entre os dois países.

O primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, surpreendeu hoje (25), em São Paulo, ao anunciar a formalização amanhã, em Brasília, de um pacto para o fim da bitributação entre os dois países. Erdogan também disse que a Turquia está “decidida” a fechar um acordo de livre comércio com o Mercosul.

“Os dois países têm capacidade de aumentar as trocas comerciais. Como governo, nós estamos muito decididos nesse acordo de livre comércio entre Mercosul e Turquia, que está em processo de assinatura. Amanhã vamos assinar um acordo que vai acabar com a bitributação entre Brasil e Turquia, o que vai beneficiar muito os investidores”, disse, em um evento na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, disse ter ficado “surpreso” com o anúncio do pacto para o fim da bitributação. Segundo ele, o assunto tem de ser aprovado pelo Congresso Nacional. Ele ressaltou também que o acordo de livre comércio da Turquia com os países do Mercosul ainda não está em negociação.

“Hoje não existe uma negociação sendo feita. É difícil dizer como chegar a um resultado nesse acordo. Nós estamos hoje muito envolvidos no acordo [do Mercosul] com a União Europeia, e com México. A concentração nossa é nesses dois. Não existe ainda a expectativa de se chegar a acordo [com a Turquia]. Acordo tem de ser aprovado pelos quatro do Mercosul”, disse.

Miguel Jorge ressaltou, no entanto, que vê com bons olhos a realização de pactos comerciais entre países do Oriente Médio e o Brasil. Segundo ele, as empresas que participaram da comitiva do Brasil ao Irã, no último mês, fizeram “grandes negócios”.

"Tem pouco investimento do Brasil na Turquia. E a Turquia é um país importante porque ela tem um sistema de distribuição de bens em toda a região. É uma coisa que deveria atrair muito os empresário brasileiros", afirmou.

A corrente de comércio entre Brasil e Turquia é de aproximadamente US$ 1 bilhão. De acordo com autoridades dos dois países há condição de quintuplicar esse valor nos próximos anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Fátima do Sul tem mais 04 casos confirmados, sobe para 69 e tem 12 pacientes recuperados