Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de abril de 2021
Busca
Brasil

Anvisa proíbe expressão "mata tudo" em embalagens

8 Jul 2004 - 15h47
A partir de março de 2005, não serão mais vendidos inseticidas que tenham em suas embalagens a expressão "mata-tudo". A Anvisa e a Associação Brasileira de Aerossóis e Saneantes (Abas) acordaram que a produção dessas embalagens será extinta em setembro de 2004 e a comercialização em março do próximo ano.

A expressão muito utilizada como nome comercial dos inseticidas pode passar uma falsa expectativa ao consumidor de que o produto vai combater além de baratas, mosquitos e outros insetos, animais que também são comuns em residências, como aranhas e escorpiões. Para evitar esse tipo de confusão, o nome "mata-tudo" será banido do mercado brasileiro.
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA EM CACHOEIRA
Mãe e filha morrem vítima de tromba d'gua em cachoeira; cunhado também morreu
ASSÉDIO À MENOR
Pastor é investigado após ser filmado beijando e oferecendo dinheiro a adolescente de 14 anos
UTRAPASSAGEM FATAL
Tio e sobrinho morrem "esmagados" por caminhão em rodovia
FATALIDADE
Bebê morre eletrocutado após morder fio de carregador de celular
AJUDA DO GPS
Após ficar 30h desaparecida, médica é encontrada em ribanceira com ajuda de GPS de celular
REVOLTANTE
A intérprete que descobriu na aula de Libras que pastor abusava de adolescente
BRASIL - 381.687 MORTES
Brasil passa de 380 mil mortes por Covid; mais de 3 mil delas foram registradas nas últimas 24 horas
BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19