Menu
SADER_FULL
terça, 26 de outubro de 2021
Busca
Brasil

André seria eleito no primeiro turno com 55,7%

17 Jul 2006 - 07h18
Depois das convenções municipais que definiram os candidatos, da formalização das coligações e do começo apático da campanha, não mudou o cenário eleitoral em Mato Grosso do Sul nos últimos 30 dias. É o que aponta a segunda rodada da pesquisa da Tendência contratada pelo Correio do Estado/TV Campo Grande que mostra quadro estável na corrida eleitoral em relação à última pesquisa, realizada entre os dias 16 a 21 de junho, quando ainda não havia definição oficial de candidaturas.

Os números das duas pesquisas são semelhantes, com pequenas oscilações que não significam avanço no desempenho de cada candidato. Então, se as eleições fossem hoje, o candidato do PMDB ao Governo do Estado, André Puccinelli, seria eleito com 55,7% das intenções, ficando o candidato petista, senador Delcídio do Amaral, em segundo lugar com 24,2%.

Na pesquisa anterior, André obteve 53,6% das intenções de voto, enquanto Delcídio recebeu 24,1%. A oscilação positiva de André de 2,1 pontos percentuais não significa crescimento na preferência do eleitor e muito menos o avanço de 0,1% de Delcídio, pois trata-se apenas de uma variação que está dentro da margem de erro deste levantamento de 2,8 pontos percentuais para mais ou para menos.

Abaixo de André e Delcídio, os demais concorrentes estão tecnicamente empatados na corrida eleitoral. O candidato do PSOL, Carlos Dutra, que não foi incluído na pesquisa anterior porque o seu partido ainda não tinha definido quem iria participar da sucessão estadual, começou neste levantamento com 1,2% das intenções de voto, acima do candidato Elizeu Amarilha (PSDC), que já teve o seu desempenho avaliado na pesquisa de junho.

Elizeu começou com 0,3% e avançou para 1%. O candidato Tito Lívio, do PV, também, fora da pesquisa anterior, obteve 0,4%. Os eleitores que ainda não sabem em quem votar ou não votariam em nenhum dos candidatos indicados somam 17,5%.

Se as eleições fossem hoje, André Puccinelli seria eleito governador no primeiro turno devido à larga vantagem sobre os seus rivais.

A pesquisa mostra que as alianças de forças políticas e partidárias ainda não surtiram os efeitos desejados no desempenho dos candidatos a governador.

Registro –

Correio do Estado

A pesquisa foi realizada no período de 9 a 12 deste mês com 1.200 eleitores. A margem de erro estimada é de 2,8 pontos percentuais, para mais ou para menos, considerando-se um nível de confiança de 95%. A pesquisa, contratada pelo Correio do Estado e TV Campo Grande está devidamente registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 011/06.

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS