Menu
SADER_FULL
domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
Brasil

André diz querer imitar Lula e promete muitas obras em ano eleitoral

21 Jan 2010 - 15h34Por Mídia Max / Valdelice Bonifácio

O governador André Puccinelli (PMDB) promete reproduzir localmente a estratégia do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva neste ano eleitoral: inaugurar grande número de obras. Lula busca alavancar a popularidade do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) principal bandeira do governo e que deve servir de plataforma à ministra Dilma Rousseff, pré-candidata à presidência pelo PT.

“Vou fazer igual ao Lula lançar o maior número de obras em ano eleitoral”, mencionou ao final desta manhã em evento na Governadoria. Assim como Lula, André também tem seu programa carro-chefe é o MS Forte.

André se consolidou politicamente como "fazedor de obras" na prefeitura de Campo Grande e agora deve usar o MS Forte reforçar tal imagem.

Já o presidente quer fazer as inaugurações enquanto a ministra ainda estiver no governo. Dilma tem até o início de abril para se desincompatibilizar.

“A Dilma já não estará mais no governo, e quem for candidato não pode nem subir no palanque comigo. É importante que a gente inaugure o maior número de obras possível, para que a gente possa mostrar quem foram as pessoas que ajudaram a fazer as coisas nesse país”, disse o presidente, nesta semana, durante a inauguração do Instituto Federal Norte de Minas, na cidade de Araçuaí (MG).

André não mencionou qualquer data para iniciar o mutirão de lançamentos ou inaugurações de obras pelo Estado, mas disse que está estudando um cronograma para tal objetivo.

Conforme o calendário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), candidatos aos cargos de presidente, vice-presidente, governador e vice-governador podem participar de inaugurações de obras públicas até a data de 3 de julho, ou seja, três meses antes das eleições, marcadas para 3 de outubro.

Obras emblemáticas

Hoje, pela manhã, o governador já realizou uma reunião, com o arquiteto Ruy Ohtake e o oceanógrafo Hugo Gallo para detalhamento do projeto de construção do Aquário do Pantanal, a obra emblemática que no programa MS Forte para Campo Grande. A inauguração não será possível neste ano, mas o governador pode fazer o lançamento da obra.

Considerado o maior aquário do Brasil, o Aquário do Pantanal pretende abrigar 263 espécies de peixes, entre elas espécies pantaneiras de escama e couro. O complexo Aquário do Pantanal, que será construído no Parque das Ações Indígenas, com entrada pela Avenida Afonso Pena, terá uma área de 10 mil m2, abrangendo aquários, laboratório, biblioteca e um espelho d’água na parte externa onde ficarão jacarés e plantas típicas da flora pantaneira. Alessandra de Souza 
 
 


O projeto entrará em fase de detalhamento técnico e descritivo, para posterior licitação. Após assinada a ordem de serviço, a estimativa é que o Aquário fique pronto em 18 meses.

Além de Campo Grande, também serão contempladas com obras emblemáticas, os municípios de Dourados (contorno rodoviário), Corumbá (1,2 mil moradias), Três Lagoas (Contorno Ferroviário) e Ponta Porá (Parque Estadual das Ervas).

Deixe seu Comentário

Leia Também

TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado