Menu
SADER_FULL
segunda, 2 de agosto de 2021
Busca
Brasil

Anatel faz consulta pública sobre reajuste de ligação

15 Out 2010 - 17h52Por Anatel

Interessados em participar da consulta pública da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) sobre proposta de Regulamento sobre os Critérios de Reajuste das Tarifas das Chamadas do Serviço Telefônico Fixo Comutado envolvendo acessos do Serviço Móvel Pessoal têm até 12 de novembro para encaminhar sugestões.

As contribuições devem ser enviadas através do Sacp (Sistema de Acompanhamento de Consultas Públicas), disponível no site da Anatel.

Aqueles que desejarem enviar sugestões por carta, fax ou email devem enviar o material até as 18h do dia 10 de novembro.

O material recebido passará por exame pela agência e será colocado à disposição do público da biblioteca da instituição.

Reajuste

O texto sob consulta estabelece regras para reajuste das tarifas das chamadas fixo-móvel (VC), que ocorrem em intervalo não inferior a 12 meses, mediante aplicação de fórmula específica. Entre outros, a proposta prevê que o valor ao consumidor das chamadas fixo-móvel, sejam locais ou interurbanas, sofra redução.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÃOPAINHA
Cachorro toca campainha após ficar trancado fora de casa
SONHO INTERROMPIDO
Ultimo ensaio fotográfico minutos antes de médico sofrer choque e morrer nas vésperas de casamento
OLIMPÍADA
Rebeca é prata e faz história na ginástica olímpica em Tóquio
FENÔMENO DA NATUREZA
Chuva de meteoros será visível na madrugada de quinta para sexta em todo Brasil
A CASA CAIU
Mulheres se unem e surram "valentão" flagrado agredindo ex no meio da rua
CRISE HÍDRICA
Novas fontes preparam MS para a crise hídrica, ressalta governador
ABAIXO DE ZERO
Com -8,6°C, SC registra a menor temperatura do Brasil em 2021, diz Inmet
COVID-19
Em dia de aumento de casos Brasil tem 1.333 óbitos por Covid - 19 nas últimas 24 horas
CONCURSO PÚBLICO
Caixa Econômica convocará 9 mil de concursos e abre mais mil vagas
BRASIL - 550.502 MORTES
Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos