Menu
SADER_FULL
quarta, 30 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Alunas de Glória desenvolvem Projeto de Incentivo ao Aleitamento Materno

3 Nov 2010 - 11h02Por Wilson Amaral / MS Cidades
As Alunas Patrícia Lourdes de Lima Correia e Meire da Silva Queroz do curso de Serviço Social 6ª semestre da Anhanguera Uniderp Interativa de Glória de Dourados estão desenvolvendo o “Projeto Incentivo ao Aleitamento Materno” juntamente com Hospital Evangélico – Unidade Hospital da Mulher de Dourados.

Segundo as alunas o projeto visa mostrar através de palestras a importância do aleitamento materno e a forma correta de amamentar, que a maiorias das mães desconhecem estas informações. O evento contou com o apoio da prefeitura de Glória de Dourados.

A Secretária de Saúde de Glória de Dourados Drª Lucimar dos Santos agradeceu em nome do prefeito Arceno que não pode estar presente, a todas as funcionárias da saúde que estiveram marcando presença na palestra também agradeceu a Nutricionista Tailci Cristina e a Assistente Social Adriana por vir a Glória de Dourados para passar um pouco do conhecimento que elas têm a todas as funcionárias da saúde para repassar a comunidade gloriadouradense no seu dia-a-dia de trabalho.

Lucimar também enalteceu o trabalho das alunas no projeto salientando a importância que elas terão no futuro não só para Glória de Dourados, mas para onde estiver trabalhando. Esteve palestrando Tailci Cristina da Silva – Nutricionista responsável pelo Banco de Leite Humano “Hilda Bergo Duarte” da cidade de Dourados e também esteve acompanhado a palestrante a orientadora das alunas a Assistente Social Adriana do Hospital da Mulher Dourado/MS.

Segundo Tailci muitas mães amamentam outras crianças em razão de ter mais leite o chamado (aleitamento cruzado) que isto não é permitido de forma alguma; cada criança vai crescendo e recebe o leite adequado com a sua idade, ou seja, vai passando por transformações de acordo com a idade do bebê recebendo os nutrientes adequados com a fase da criança e além de que existem algumas mães que pode ter alguma doença e através do leite podem transmitir a doença à criança que esta sendo amamentada. Tailci orientou todos os meios e formas corretas de como a mãe tem que proceder na hora da amamentação, destacou que qualquer mulher que esteja amamentando e em boas condições de saúde, com leite excedente podem ser doadoras. Que no cadastro do banco de leite, são solicitados exames como específicos para HIV, sífilis e hepatite.  

Após a avaliação, as mães são orientadas sobre como proceder à ordenha do leite. A coleta pode ser realizada tanto no Banco de Leite como na casa da doadora, conforme orientações recebidas. “Após a coleta, os frascos devem ser armazenados no congelador.   

Depois de coletado, o leite é submetido a exames específicos, valor calórico e acidez. Após as análises, o produto é pasteurizado a uma temperatura de 62,5 graus, depois de feito os exames bacteriológicos e somente após os resultados o leite é liberado para o consumo dos bebês. O produto tem validade de seis meses.

A Nutricionista informou durante a palestra que todas as mães têm condições de amamantar o que ocorre com muitas mães é a falta de informação e de como proceder na hora da amamentação, segundo Tailci o leite é a melhor vacina que uma mãe pode dar ao seu filho. O leite materno do banco de leite é indicado para bebês prematuros, de baixo peso, que não sugam, portadores de imunodeficiência, com problemas no aparelho digestivo ou quando a mãe, por algum problema de saúde, não pode amamentar o filho, sempre sob prescrição médica ou de nutricionista.

Segundo informações das alunas Meire e Patrícia é possível ver a dedicação no trabalho e o amor dedicado a cada criança, a cada mãe, no Hospital Evangélico e no Hospital da Mulher ao final da palestra elas agradeceram a todos as pessoas que apoiaram esta iniciativa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGORA É LEI
AGORA É LEI: Prisão de até 05 anos para maus-tratos contra cães ou gatos
PANDEMIA
Covid-19: Brasil tem 142 mil óbitos e 4,74 milhões de casos acumulados
+ CONSUMO
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas