Menu
SADER_FULL
terça, 20 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Alberto e Analy se enfrentam no paredão do BBB 7

19 Mar 2007 - 09h07

Indicado pela líder Carolini, Alberto disputa o paredão com Analy nesta semana. Diego foi o último a votar e disse não ser "burro o bastante" para se emparedar.

"Não tenho receio de votar em ninguém, já que todos eles votam em mim", disse Diego antes de indicar Analy.

Carolini justificou sua indicação como forma de proteger um dos seus três melhores amigos na casa, Analy, Airton e Bruna. Ela disse que não é surpresa votar em Diego, mas quis diversificar os paredões da casa.

Após a formação do paredão, Alberto quis convencer Analy que Carolini votou errado. "Eu quis vencer a prova do anjo para te imunizar", disse o caubói. Segundo ele, a DJ estava distante por causa de ele ter indicado Fani e, por isso, ele queria se reaproximar.

Mas, por causa da indicação de Carol, ele resolveu imunizar uma pessoa "neutra" para saber quem a casa indicaria.

Bruna disse que gostou da atitude de Diego. "Se ele fosse arrogante de querer ir para o paredão, iria se arruinar", falou ela para Carolini.

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos
VEJA VIDEO
Índio precisa buscar socorro a cavalo após ataque de onça
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filha de 9 anos flagra pai estuprando menina de 5 na lateral da casa
AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio emergencial: 5,6 milhões de pessoas recebem nesta terça-feira
FAMOSIDADES
Luan Santana e Jade Magalhães terminam noivado de 12 anos
CORONAVIRUS NOS ANIMAIS
Gato é o primeiro animal no Brasil que testa positivo para o Coronavirus
ABSURDO
Enfermeiros, fisioterapeuta e médico são afastados após denúncia de estupro na UTI
BRASIL - 153.905 MORTES
Brasil registra 10,9 mil novos casos de covid-19 em 24 horas
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa paga hoje auxílio emergencial de R$ 300 a 1,6 milhão do Bolsa Família