Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 23 de junho de 2021
Busca
Brasil

Abate de bovinos cresce 10,9% em MS no 3º trimestre

22 Dez 2009 - 08h01Por Folha Online
A Estatística da Produção Pecuária do IBGE aponta um crescimento do abate de bovinos em Mato Grosso do Sul de 10,9% no 3º trimestre, em relação ao 2º trimestre deste ano. O Estado registrou o terceiro melhor desempenho no Brasil, perdendo apenas para Mato Grosso (15,4%) e São Paulo (12,2%).
Em MS foram abatidos nos meses de julho, agosto e setembro 787.402 cabeças de bovinos, ficando em terceiro lugar no país. Isto é equivalente a 10,9% de todo o abate nacional nos três meses, que foi de 7,213 milhões de cabeças. O Estado que mais abateu foi o vizinho Mato Grosso, com 1,108 milhão de cabeças, o equivalente a 15,36% da produção nacional. O segundo maior abatedor é São Paulo, com 878.358 cabeças.
No geral, no Brasil, no 3º trimestre de 2009 houve um aumento de 4,6% no número de bovinos abatidos, na comparação com o 2° trimestre do mesmo ano. Na comparação com o mesmo trimestre de 2008, registrou-se elevação de 1,0%. Os dados confirmam a expectativa de recuperação do setor, segundo o IBGE.
O aumento de animais abatidos decorre principalmente do aumento do consumo no mercado interno. No 3º trimestre, segundo o IBGE, grandes grupos do mercado de carnes adquiriram plantas que foram fechadas por conta da crise internacional, principalmente nos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.
Segundo o Cepea/Esalq, o indicador de preços do boi gordo iniciou o período em leve queda, que se acentuou em agosto. Apenas na segunda quinzena de setembro houve recuperação – parcial – dos preços.

FRANGO

O abate de frangos também registrou altas na comparação com o 2º trimestre (+8,5%) e o 3º trimestre de 2008 (+1,4%) no Brasil. Mato Grosso do Sul abateu no trimestre 34,365 milhões de cabeças de frango, o equivalente a 2,71% do total nacional, que foi de 1,266 trilhão de aves. A região Sul concentrou 60,5% do abate de frangos, com destaque para o Paraná, com 331,223 milhões de cabeças, o equivalente a 26,1% do total do país. O segundo maior abatedor de frango foi Santa Catarina, com 236,619 milhões de cabeças.

SUÍNOS

MS abateu 222.380 suínos no terceiro trimestre. Isto significa 2,74% do abate nacional, que foi de 8,103 milhões de cabeças. O Sul também se destacou no abate de suínos, com 68,2%. O total abatido no país foi de 8,103 milhões de cabeças. O abate de suínos cresceu 6,8% do 2º para o 3º trimestre e 10,4% em relação ao 3º semestre de 2008.
O resultado consolida a trajetória de crescimento desse produto, segundo o IBGE, mesmo em um ano com crise financeira e o surgimento da gripe suína. O peso total das carcaças abatidas ficou em 770,404 mil toneladas, altas de 14,8% em relação ao 3º trimestre de 2008 e de 5,4% na comparação com o 2º trimestre. Já o peso médio do suíno abatido ficou em torno de 95 quilos.

LEITE

As indústrias de Mato Grosso do Sul compraram no 3º trimestre 47,657 milhões de litros de leite, equivalente a 0,97% da aquisição nacional. A produção de leite de MS é muito pequena, se comparado com grandes Estados, como Minas Gerais, o maior produtor, com 1,266 bilhão de litros, equivalente a 25,84% da produção nacional. O segundo maior produtor é Goiás e o terceiro o Paraná.
A aquisição de leite no Brasil somou 4,898 bilhões de litros, 4,7% acima do registrado no mesmo período do ano anterior e 14,1% acima do 2º trimestre. Os preços internos do leite e seus derivados caíram no 3º trimestre de 2009 em todas as praças investigadas, segundo dados do Cepea/Esalq. A causa principal desta queda foi o aumento da produção em decorrência do fim do período de entressafra.

OVOS

A produção de ovos de galinha cresceu 14,3% em MS, passando de 20.859 dúzias no terceiro trimestre de 2008 para 23.848 dúzias no 3º trimestre deste ano. No Brasil, manteve-se crescente no 3º trimestre, somando 637,064 milhões de dúzias, com alta de 10,5% na comparação com o 3º trimestre de 2008 e de 9,7% ante ao trimestre anterior. São Paulo foi o maior produtor nacional (32,3% da produção). Os estados de Mato Grosso e Amazonas apresentaram aumentos significativos na produção de ovos de galinha no 3º trimestre.

COURO

No 3º trimestre Mato Grosso do Sul produziu 11,69% da produção nacional de couros cru. O Estado comprou 2,921 milhões de unidades, quase a totalidade de frigoríficos. No Brasil houve a aquisição de 24,728 milhões de peças de couro inteiro de bovino. A principal origem do produto foram os matadouros frigoríficos (61,0%). Juntos, São Paulo, Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul adquiriram 58,1% do total nacional. São Paulo é o maior comprador.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

APOSTAS NO BRASIL
É legal apostar em esportes no Brasil?
CRIME BRUTAL
Mulher é encontrada morta com rosas, uma aliança nas mãos e frase cruel escrita na testa
TRAGEDIA
Casal é encontrado morto no banheiro com o chuveiro ligado
VEJA VÍDEO
Servidora não deixa lençol sujar com sangue de bandido e viraliza na internet
LUTO NA TV
Apresentador do Balanço Geral morre vítima da covid
COPA AMÉRICA
Com mudanças, Brasil encara Colômbia para garantir liderança do grupo
JOGOS ONLINE
Expectativas para legalização de jogos de azar movimenta mercado internacional
Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOSE ÚNICA
Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo