Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 21 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
100 MANUTENÇÃO

Sem manutenção, prefeitura para 15 ônibus e deixa 800 alunos a pé em Dourados

Estudantes da zona rural de Dourados estão desde terça-feira sem transporte para ir até as escolas na cidade

19 Jul 2019 - 08h26Por Campo Grande News

Pelo menos 800 alunos de escolas estaduais e municipais que moram na zona rural estão sem transporte para chegar ao perímetro urbano de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. O problema começou terça-feira (16), primeiro dia de aula após as férias do meio do ano, e continua até hoje. 

A reportagem apurou que o motivo é a falta de manutenção dos 15 ônibus da frota própria da prefeitura. São dez ônibus grandes, com capacidade cada um para transportar 45 passageiros, e outros cinco, cada um para carregar 30 pessoas. Além de alunos da Rede Municipal de Ensino, por acordo a prefeitura transporta também os estudantes de escolas estaduais.

Os alunos afetados pela falta de transporte moram nos distritos do município de Dourados, alguns localizados a 60 km do centro da cidade, e em propriedades rurais nos arredores do perímetro urbano. Sem outro meio para chegar às escolas, a maioria está perdendo aula. Pais ouvidos pela reportagem estão preocupados com o impacto no aprendizado das crianças.

O Campo Grande News apurou que o serviço não foi feito porque a prefeitura está sem licitação e não pagou as oficinas mecânicas que faziam o conserto. O município está em colapso financeiro desde o ano passado.

Sem a manutenção, a prefeitura não consegue o laudo do Inmetro (Instituto de Metrologia), já que os ônibus não são aprovados na vistoria mensal obrigatória.

De acordo com pessoas que trabalham no setor, a vistoria do Inmetro é necessária para a liberação de dinheiro estadual e federal, destinado a bancar parte dos gastos com o transporte dos alunos.

“A situação é de extrema importância, que merece muita atenção, pois se o município não possui frota regularizada, automaticamente está inapto para receber recursos públicos federais. Vamos cobrar informações sobre esta questão e espero que o poder público municipal nos apresente uma solução”, afirmou o vereador oposicionista Madson Valente (DEM).

O Campo Grande News procurou o diretor do Núcleo de Transporte Escolar da Secretaria Municipal de Educaçao, Edinaldo Teixeira, mas ele disse que somente a assessoria de imprensa da prefeitura iria se manifestar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROCESSO SELETIVO NO MS
Prefeitura abre processo seletivo com oito vagas e salário de R$ 3,2 mil em MS
POLEMICA II
Após polêmica, deputado diz que não existe PL de poliamor ou casamento entre mães e filhos
MIRANDA
TRE afasta prefeita acusada de compra de votos e convoca novas eleições
POLÊMICA
Vale Tudo: projeto libera casamento entre mães e filhos e revolta MS
NAVIRAÍ - AÇÕES ONEVAN DE MATOS
Justiça do Trabalho acolhe pedido de Onevan e inclui escola de Naviraí em programa
100 PENA
'Não tem que ter pena', diz Jair Bolsonaro sobre uso de atirador de elite após sequestro de ônibus
BOA NOTICIA
Hotel Campo Grande deve virar 260 apartamentos para famílias carentes
LEI ABUSO DE AUTORIDADE
Promotores e juízes protestam em Campo Grande contra 'mordaça' aprovada no Congresso
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Governo de MS libera R$ 1.5 milhão para 27 projetos de pesquisa selecionadas por edital
JATEÍ - VALORIZAÇÃO NA ZONA RURAL
Prefeitura inicia nova tubulação na região da Fazenda Stª Ada, trecho da antiga Serraria do Valmar em Jateí