Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 13 de dezembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
100 MANUTENÇÃO

Sem manutenção, prefeitura para 15 ônibus e deixa 800 alunos a pé em Dourados

Estudantes da zona rural de Dourados estão desde terça-feira sem transporte para ir até as escolas na cidade

19 Jul 2019 - 08h26Por Campo Grande News

Pelo menos 800 alunos de escolas estaduais e municipais que moram na zona rural estão sem transporte para chegar ao perímetro urbano de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. O problema começou terça-feira (16), primeiro dia de aula após as férias do meio do ano, e continua até hoje. 

A reportagem apurou que o motivo é a falta de manutenção dos 15 ônibus da frota própria da prefeitura. São dez ônibus grandes, com capacidade cada um para transportar 45 passageiros, e outros cinco, cada um para carregar 30 pessoas. Além de alunos da Rede Municipal de Ensino, por acordo a prefeitura transporta também os estudantes de escolas estaduais.

Os alunos afetados pela falta de transporte moram nos distritos do município de Dourados, alguns localizados a 60 km do centro da cidade, e em propriedades rurais nos arredores do perímetro urbano. Sem outro meio para chegar às escolas, a maioria está perdendo aula. Pais ouvidos pela reportagem estão preocupados com o impacto no aprendizado das crianças.

O Campo Grande News apurou que o serviço não foi feito porque a prefeitura está sem licitação e não pagou as oficinas mecânicas que faziam o conserto. O município está em colapso financeiro desde o ano passado.

Sem a manutenção, a prefeitura não consegue o laudo do Inmetro (Instituto de Metrologia), já que os ônibus não são aprovados na vistoria mensal obrigatória.

De acordo com pessoas que trabalham no setor, a vistoria do Inmetro é necessária para a liberação de dinheiro estadual e federal, destinado a bancar parte dos gastos com o transporte dos alunos.

“A situação é de extrema importância, que merece muita atenção, pois se o município não possui frota regularizada, automaticamente está inapto para receber recursos públicos federais. Vamos cobrar informações sobre esta questão e espero que o poder público municipal nos apresente uma solução”, afirmou o vereador oposicionista Madson Valente (DEM).

O Campo Grande News procurou o diretor do Núcleo de Transporte Escolar da Secretaria Municipal de Educaçao, Edinaldo Teixeira, mas ele disse que somente a assessoria de imprensa da prefeitura iria se manifestar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 CORRUPÇÃO
Bolsonaro diz que colocará 'no pau de arara' ministro que se envolver em corrupção
FRIGORIFICO
Com auxílio do Governo do Estado empresa Paulista construirá um frigorifico em Selvíria
CIDADE SOLAR NO MS
Cidade Solar é inaugurada em MS e terá capacidade de geração de 9,36 milhões de kWh/ano
DEODÁPOLIS - MPE NA SAÚDE
MPE instaura Inquérito Civil para apurar possíveis irregularidades na área da saúde em Deodápolis
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Na inauguração da Cidade Solar, Reinaldo Azambuja destaca política de incentivo à energia limpa
PREJUIZO
MS terá perda de R$ 42 milhões com extinção de cinco municípios
CULTURA
Governo do Estado e FCMS lançam edital do Fundo de Investimentos Culturais 2019
JATEÍ - TÁ NA CONTA
Prefeitura paga 13º e injeta mais de R$ 960 mil na economia em Jateí
POLITICA MS
Barbosinha defende liderança do Governo como ‘ponte pelo diálogo’
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Governo investe mais de R$ 22 milhões na construção de mais 20 pontes de concreto