SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 14 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
5 de Agosto de 2004 07h09

Zeca do PT discute hoje no Rio pólo siderúrgico com a Vale

O governador Zeca do PT se reúne hoje com a direção da Companhia Vale do Rio Doce, no Rio de Janeiro, para discutir o pólo mínero-siderúrgico de Corumbá. O senador Delcídio do Amaral (PT) participa da reunião, que acontece às 10 horas (horário de Brasília).

Além das jazidas de minérios de ferro e manganês em Corumbá, fronteira do Brasil com a Bolívia, o governador destaca a conquista do preço diferenciado para região (US$ 1,5 por milhão de BTUs) como um grande estímulo para viabilização dos macroprojetos dos pólos mínero-siderúrgico e gasquímico (Brasil-Bolívia).

A logística de transporte, através de rotas dos corredores bioceânicos e da via navegável Paraguai-Paraná é, segundo Zeca do PT, um dos fatores que vão contribuir na agregação de valores às matérias-primas gás natural boliviano e minérios de ferro e manganês.


Gasquímico - O macroprojeto gasquímico binacional, encabeçado pela Petrobras, deve ter investimentos US$ 1,3 bilhão. A expectativa é de que seja ativado em 2010, gerando empregos cujos salários somados, em 15 anos, chegarão a US$ 1,5 bilhão (empregos diretos). No mesmo período serão gerados dois mil empregos indiretos, o equivalente a US$ 3 bilhões. Na fase de instalação do pólo vão ser gerados entre cinco mil e seis mil empregos diretos, com a renda conjunta dos trabalhadores atingindo US$ 220 milhões.

O complexo gasquímico binacional será formado por uma separadora (US$ 280 milhões), unidade de craqueamento com termelétrica (US$ 720 milhões) e setor de polimerização (US$ 350 milhões). Em 15 anos serão arrecadados US$ 6 bilhões em tributos relacionados ao funcionamento do gasquímico Brasil-Bolívia.
 
 
Agência Popular
Comentários
Veja Também
SADER_LATERAL
pupa
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Últimas Notícias
  
MBO_SEGURANÇA_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.