Menu
RIO_DOURADOS
SADER_FULL
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Trabalho doméstico atinge 3,8 mil crianças em MS

23 Nov 2004 - 16h49
Desenvolver ações de conscientização das famílias de Mato Grosso do Sul, alertando-as para o fato de que o trabalho infantil doméstico é crime e compromete o desenvolvimento das crianças é um dos desafios a serem enfrentados por órgãos de fiscalização e a sociedade. Esse trabalho conjunto é defendido por Regina Rupp, chefe do Grupo Especial de Combate ao Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalho Adolescente e fiscal da DRT/MS (Delegacia Regional do Trabalho de Mato Grosso do Sul). Segundo ela, pesquisa da DRT aponta que 3,8 mil crianças estão comprometidas em atividades domésticas em todo o Estado. O fato de acontecer dentro de casa contribui para dificultar as ações de fiscalização.
As afirmações de Regina foram dadas há pouco, na solenidade em que o governador Zeca do PT se reuniu com a Caravana pela Erradicação do Trabalho Infantil. Ele se comprometeu a desenvolver ações de combate à exploração de crianças e adolescentes.
 
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 18 - Vencedora
Veja a casa de Gleici, do'BBB 18': Sister teve o pai assassinado pelo tráfico e passou fome
Concurso Público
Polícia Federal publica autorização para promover concurso público com 500 vagas
BBB 18
'BBB 18': Gleici fala sobre planos para mudar a vida após vencer o programa
Novela Global
Fim de 'Outro lado': Clara declara amor a Gael
Fatalidade
Trabalhador morre eletrocutado em propriedade rural
Tragedia
190km/h: Motorista e passageiro morrem em grave acidente
Tapetão
MP entra no caso e Palmeiras se 'arma' para anular a final do Paulistão
Macabro
Até ser descoberto, homem pedia marmita para o pai morto
VICENTINA - PAIXÃO DE CRISTO
Assista a 'Paixão de Cristo' realizada pela Paróquia Nossa Senhora dos Apóstolos em Vicentina
BBB 18 - Final
Campeã do 'BBB18', Gleici quer manter romance com Wagner: 'Lutei pra conquistar'