Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Térmica de MT aceita reduzir pela metade gás da Bolívia

22 Jun 2007 - 10h00
A termelétrica Mário Covas, em Cuiabá (MT), fechou na noite de quinta-feira na Bolívia um acordo com o governo local para fornecimento firme de 1,1 milhão de metros cúbicos de gás natural por dia até 2009, quando o país vizinho terá que retornar ao contrato original de 2,2 milhões de metros cúbicos por dia, informou à Reuters o Ministério de Minas e Energia do Brasil.

A unidade, que gera 480 megawatts, chegou a sair de operação no dia 17, depois que a Bolívia alegou problemas técnicos e reduziu o envio de gás.

As duas partes negociavam na época um novo contrato, elevando o preço de cerca de 1 dólar o milhão de BTU (unidade térmica britânica, na sigla em inglês) para 4,20 dólares o milhão de BTU.

"O novo preço será retroativo a 15 de maio e vai garantir o envio de 1,1 milhão de BTUs firmes até 2009", informou um assessor do ministério.

Apesar de a termelétrica pertencer integralmente à Ashmore Energy International, que comprou em maio a parte de 50 por cento da Shell na unidade, o governo boliviano pediu a participação do governo brasileiro nas negociações.

O secretário de Energia do minsitério, Ronaldo Schuck, foi o representante do governo na finalização do acordo, informou o ministério.

 
 
Reuters

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel