Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Seprotur lança campanha de monitoramento da soja

19 Out 2004 - 09h51
A Secretaria de Estado da Produção e do Turismo (Seprotur), visando garantir mais segurança e evitar futuros prejuízos para o produtor de soja de Mato Grosso do Sul, vai lançar hoje, a partir das 8h30, no Novotel, o Programa Estadual de Monitoramento da Ferrugem da Soja.

Todo esse trabalho está sendo desenvolvido pela própria Seprotur que, em parceria com a Embrapa/CPAO, Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), Idaterra, DFA, Famasul, Fundação Chapadão, Fundação MS, UEMS, Uniderp, UCDB, Sindicatos Rurais, Cooperativas, Secretarias Municiais de Agricultura, Associação dos Engenheiros Agrônomos, Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar) e Bayer Cropscience, espera combater de forma eficiente e em tempo hábil possíveis contaminação das lavouras na próxima safra.

O superintendente de agricultura e pecuária da Seprotur, Benedito Mário Lázaro, explicou que a doença é, hoje, um dos principais motivos de preocupação dos agricultores, porque se trata de um fungo que se espalha com muita facilidade. “Uma lavoura contaminada chega a perder 10% de toda sua produção por dia. É um prejuízo muito grande se for colocado na ponta do lápis, porém quando monitorado pode garantir mais segurança para o produtor”, assegura.

ESTRATÉGIA

Para evitar o avanço da ferrugem será criado um sistema de identificação, as chamadas áreas de “sentinelas”. Para isso o Estado foi dividido em quatro regiões – Maracajú, Naviraí, Dourados e Chapadão do Sul – para atender com mais eficiência a necessidade dos produtores. Cada uma das áreas irá trabalhar com um laboratório equipado, onde serão executadas as análises do material colhido.

A coleta desse material (folhas), será efetuada semanalmente pelo próprio agricultor ou técnico e encaminhada a um ponto de recolhimento ou laboratório. Conforme antecipa Dito Mário, “a meta é que a resposta em relação à presença do fungo saia em 24 horas após envio para análise. A idéia principal é de tentar descobrir se a lavoura está ou não infectada e a partir daí servir como alarme para os demais produtores”.

Conforme informações da Embrapa Dourados, só na última safra, o fungo contaminou 3,4 milhões de toneladas do grão e foi responsável por um prejuízo próximo a US$ 750 milhões.

CAPACITAÇÃO

Desde a última semana estão sendo realizadas reuniões técnicas pelo interior do Estado onde engenheiros agrônomos, técnicos agrícolas e a iniciativa privada estão sendo preparados para participarem do programa. O conteúdo baseia-se nos conhecimentos teóricos a respeito da doença. “É fundamental a participação de todos. Estamos esperando o maior número possível de profissionais afinal, disseminar o conhecimento pode ser uma forma de prevenção”, alega o gerente de defesa sanitária vegetal do Iagro, Gonçalo Sabino Lima Lobo.

As primeiras reuniões aconteceram em Chapadão do Sul e São Gabriel do Oeste. Amanhã, terça-feira, o encontro vai acontecer em Campo Grande, durante o lançamento da campanha no Novotel. Até o final desse mês mais cinco cidades deverão estar recebendo os capacitadores, são elas: Naviraí, dia 21, Ponta Porã, dia 22, Amambaí, dia 25, Maracajú, dia 26 e Dourados, no dia 28.

Já os agricultores serão capacitados pela Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), que estará dando palestras nos principais municípios produtores em parceria com os Sindicatos Rurais.

PROGRAMAÇÃO LANÇAMENTO CAMPANHA

Dia 19.10.04

08:30h – Lançamento do Programa de Controle de Ferrugem da Soja
09:00h – Coletiva a imprensa local
10:30h – Início do Simpósio de Doenças de Soja – Bayer Cropscience
12:00h – Almoço
13:30h – Reinício dos trabalhos
17:30h – Encerramento
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS