Menu
SADER_FULL
quarta, 19 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Sem dinheiro, obras são interrompidas em Dourados

19 Out 2010 - 15h58Por Dourados Agora

Sem previsão de pagamento ou falta de licitação, empreiteiras começam a paralisar os serviços. Nos bairros da cidade, os trabalhos de tapa-buraco, por exemplo, estão cancelados há cerca de duas semanas. Obras na periferia foram suspensas, assim como os serviços de limpeza de terrenos. De acordo com o secretário de Serviços Urbanos, o engenheiro civil Tahan Sales Mustafa, o problema já atinge os estoques da pasta. Faltam tintas e demais insumos para manutenção das vias públicas da cidade. Pinturas de quebra-molas, faixas e meio-fio não estão sendo feitos por falta de material.

Em recente vistoria pela cidade, o engenheiro constatou que há muitos terrenos para limpar. O serviço também está parado provisóriamente. Segundo ele, sem nenhuma empresa para realizar a ‘faxina’, a prefeitura teria que deslocar quatro caminhões para cumprir as manutenções, o que seria impossível no momento, já que os veículos são utilizados para outras funções de urgência. Segundo ele, a previsão é de que nos próximos dias o problema da pasta seja resolvido com a organização do setor. O secretário de Obras, Antônio Nogueira, também enfrenta problemas na Pasta. Licitações anuladas ou contratos vencidos emperram obras em todos os bairros da cidade.

O tapa-buraco, segundo ele, é o mais grave. Os serviços só poderão começar depois da abertura de licitação. O processo de escolha da empresa vencedora poderá durar entre 30 e 40 dias. Devido as "crateras", causadas pelas chuvas em várias partes da cidade, o secretário disse que vai tentar iniciar os trabalhos como forma de emergência. A ação vai depender de um parecer jurídico da prefeitura.

Segundo ele, além da licitação, obras foram paradas por falta de documentação em projetos junto aos ministérios e por esta razão a liberação de verbas não foi feita. "Quanto a isto encaminhamos uma emissário a Brasília para fazer um levantamento e tentar desbloquear os recursos", garante.

Apesar dos entraves e do que considerou como "sofrimento da população", ele assegura que em breve todos os problemas serão solucionados. Na última semana o secretário de finanças da prefeitura de Dourados alertou que o caixa zero, encontrado na prefeitura vem travando a administração. Isto se reflete em todas as pastas que já enfrentam arrocho nas despezas. A ordem é comprar e gastar o mínimo possível para manter os serviços.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A QUE PONTO CHEGAMOS
Mãe mata o próprio filho após ser flagrada com amante pelo menino
MINÍSTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Tereza Cristina anuncia seis secretários para Ministério
FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'