Menu
SADER_FULL
terça, 26 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Sem dinheiro, obras são interrompidas em Dourados

19 Out 2010 - 15h58Por Dourados Agora

Sem previsão de pagamento ou falta de licitação, empreiteiras começam a paralisar os serviços. Nos bairros da cidade, os trabalhos de tapa-buraco, por exemplo, estão cancelados há cerca de duas semanas. Obras na periferia foram suspensas, assim como os serviços de limpeza de terrenos. De acordo com o secretário de Serviços Urbanos, o engenheiro civil Tahan Sales Mustafa, o problema já atinge os estoques da pasta. Faltam tintas e demais insumos para manutenção das vias públicas da cidade. Pinturas de quebra-molas, faixas e meio-fio não estão sendo feitos por falta de material.

Em recente vistoria pela cidade, o engenheiro constatou que há muitos terrenos para limpar. O serviço também está parado provisóriamente. Segundo ele, sem nenhuma empresa para realizar a ‘faxina’, a prefeitura teria que deslocar quatro caminhões para cumprir as manutenções, o que seria impossível no momento, já que os veículos são utilizados para outras funções de urgência. Segundo ele, a previsão é de que nos próximos dias o problema da pasta seja resolvido com a organização do setor. O secretário de Obras, Antônio Nogueira, também enfrenta problemas na Pasta. Licitações anuladas ou contratos vencidos emperram obras em todos os bairros da cidade.

O tapa-buraco, segundo ele, é o mais grave. Os serviços só poderão começar depois da abertura de licitação. O processo de escolha da empresa vencedora poderá durar entre 30 e 40 dias. Devido as "crateras", causadas pelas chuvas em várias partes da cidade, o secretário disse que vai tentar iniciar os trabalhos como forma de emergência. A ação vai depender de um parecer jurídico da prefeitura.

Segundo ele, além da licitação, obras foram paradas por falta de documentação em projetos junto aos ministérios e por esta razão a liberação de verbas não foi feita. "Quanto a isto encaminhamos uma emissário a Brasília para fazer um levantamento e tentar desbloquear os recursos", garante.

Apesar dos entraves e do que considerou como "sofrimento da população", ele assegura que em breve todos os problemas serão solucionados. Na última semana o secretário de finanças da prefeitura de Dourados alertou que o caixa zero, encontrado na prefeitura vem travando a administração. Isto se reflete em todas as pastas que já enfrentam arrocho nas despezas. A ordem é comprar e gastar o mínimo possível para manter os serviços.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATIMA DO SUL - JULIFRAN
Julifran Restaurante promete chopp grátis a cada gol de Borja sobre Novorizontino
BONITO - MS - AGÊNCIA BONITO ECO TOUR
Faça o que lhe faz bem! Viaje para Bonito MS!
CIUMES
Marido vê foto de outro no celular e agride mulher na cabeça e a joga para fora do carro
ORAÇÕES
Estado de saúde de Cláudia Rodrigues (a diarista) é grave
PAULISTÃO IV
“Hoje foi realmente a estreia do São Paulo”, diz Mancini após vitória
PAULISTÃO III
Carille vê Corinthians abaixo: “Fomos premiados com o empate”
PAULISTÃO II
Com falha e ‘milagre’ de Prass, Palmeiras busca empate com gol de estreante
PAULISTÃO
Santos aproveita falhas do Red Bull e abre boa vantagem no Pacaembu
MOSTRA MONITORAMENTO
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação
CRIME NA MADRUGADA
Mulher é brutalmente assassinada; carro foi visto deixando o local