Menu
SADER_FULL
domingo, 17 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Seleção encara os Estados Unidos ás 20h em Nova Jersey

10 Ago 2010 - 18h00Por Globo Esporte

Depois de 38 dias da eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul, a Seleção Brasileira volta a campo nesta terça-feira para encarar os Estados Unidos, no estádio New Meadowlands, em Nova Jersey, às 20h (horário sul-mato-grossense), em partida amistosa. Para o Brasil esse jogo significa renovação.

A começar pelo comando técnico. No lugar de Dunga está Mano Menezes, que fez sucesso recentemente com Grêmio e Corinthians. Mas o ponto alto da mudança é a troca do esquema truncado, cheio de volantes, por um mais ousado, com três atacantes. É o Brasil novamente com cara de Brasil.

- É importante deixar claro que o futebol brasileiro sempre teve muita qualidade. Apenas estamos aproveitando um momento especial, pegando jogadores com essa característica de jogo e propondo uma maneira de atuar. Não é nada novo no futebol – declarou o novo comandante da Seleção Brasileira.

Após o fracasso no Mundial diante da Holanda e a saída do técnico Dunga, era fato que o Brasil sofreria uma forte renovação. Não à toa apenas quatro jogadores que estiveram na África do Sul foram chamados para o amistoso: Daniel Alves, Robinho, Ramires e Thiago Silva. Um deles, aliás, deve ser o capitão da equipe.

Em sua primeira convocação, Mano Menezes priorizou o momento e também fez algumas apostas. Até por isso, nomes como os de Paulo Henrique Ganso, Neymar e André se misturam com os de certa forma desconhecidos David Luiz, Éderson e Rafael. O técnico se mostra bastante satisfeito com a sua lista.

- Certamente tenho em mãos a melhor reunião de talentos bem fundamentados tecnicamente. Estava olhando a formação do time reserva no treinamento e ela pode ser ideal. A função do técnico é exatamente essa: pegar as melhores peças e montar um esquema – acrescentou Mano Menezes.

Até por isso ele apostou na base do time do Santos que brilhou no primeiro semestre, com a conquista do Paulistão e da Copa do Brasil. Portanto, Ganso vai comandar o meio campo brasileiro e verá à sua frente Robinho e Neymar no ataque, reforçados pelo também garoto Alexandre Pato, de 20 anos.

O amistoso contra os Estados Unidos marcará o debute da Era Mano Menezes na Seleção Brasileira. Ainda este ano, o técnico comandará o time em mais cinco amistosos. Dois em setembro, dois em outubro e um em novembro.

Do lado dos Estados Unidos, renovação não é a palavra. Mas sim manutenção. No provável time titular, o técnico Bob Bradley colocou dez jogadores que estiveram no Mundial da África do Sul. A equipe norte-americana caiu nas oitavas de final do torneio para a sensação Gana, que veio a perder do Uruguai na fase seguinte.

ESTADOS UNIDOS X BRASIL
Howard; Cherundolo, Goodson, Bocanegra e Bornstein; Donovan, Edu, Bradley e Kljestan; Altidore e Findley. Victor; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e André Santos; Lucas, Ramires e Ganso; Robinho, Neymar e Alexandre Pato.
Técnico: Bob Bradley. Técnico: Mano Menezes.
Data: 10/08/2010. Horário: 20h (21h de Brasília).
Estádio: New Meadowlands, em Nova Jersey, Estados Unidos.
Árbitro: Silviu Petrescu (CAN). Auxiliares: Joe Fletcher (CAN) e Daniel Belleau (CAN);
Transmissão: O SporTV exibe a partida ao vivo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat