Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

São Paulo vence o Atlético-MG e assume a liderança

7 Jul 2004 - 07h13
Mesmo sem Luis Fabiano e com dificuldades no setor ofensivo, o São Paulo venceu o Atlético-MG por 1 a 0, em partida disputada na noite desta terça-feira, pela 13ª rodada do Brasileiro, no estádio do Morumbi, e assumiu a liderança do Nacional.

A equipe são-paulina soma agora 24 pontos na tabela de classificação, contra 23 do Figueirense, mas pode ser ultrapassada pelo Palmeiras, que também tem 22 e recebe nesta quarta o Juventude.

Com a derrota, o Atlético manteve-se na 20ª colocação, com apenas 13 pontos, e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento. O time pode ser ultrapassado por Flamengo e Corinthians, que jogam também na quarta.

A partida marcou o reencontro do lateral-direito Cicinho com seu ex-clube. O jogador, considerado um dos melhores do São Paulo nas últimas rodadas, não teve uma boa noite e acabou expulso, aos 38min da segunda etapa, quando fez falta dura em Rubens Cardoso.

No jogo desta terça, o técnico Cuca colocou apenas um atacante (Diego Tardelli) em campo. No segundo tempo, o treinador alterou o esquema com a entrada de Grafitte no lugar de Edcarlos e só assim conseguiu a vitória.

Com uma equipe pouco ofensiva, o São Paulo sentiu a falta de seu principal atacante, Luis Fabiano, que disputa a Copa América, no Peru, pela seleção brasileira.

A primeira chance do São Paulo aconteceu aos 16min, quando o zagueiro atleticano escorregou e bola sobrou para Diego Tardelli. O atacante serviu o meia Danilo, que, de pé esquerdo, chutou para fora.

Após pressão atleticana, a equipe do Morumbi voltou a ter boa chance aos 30min, quando Cicinho sofreu falta próxima à área. O goleiro Rogério Ceni cobrou e a bola saiu em tiro de meta.

Aos poucos, a equipe do técnico Cuca passou a comandar as ações no meio-campo. Aos 35min, Danilo recebeu na intermediária e, mesmo marcado por dois adversário, girou e obrigou o goleiro Eduardo a uma difícil defesa.

A melhor chance do time comandado por Cuca aconteceu aos 40min, quando, em boa triangulação do ataque são-paulino, a bola ficou com Fábio Simplício, que chutou fraco e permitiu a defesa do goleiro.

No segundo tempo, a produtividade ofensiva do São Paulo melhorou e, logo aos 10min, Grafitte levantou pelo lado direito e Danilo completou de cabeça para marcar o único gol. O meia levou uma cabeçada de Émerson no lance e teve de ser atendido pelos médicos logo após o lance.

Após o gol, a partida ficou marcada por uma cena curiosa. Aos 25min, Grafitte disputava bola com a defesa do Atlético e acabou atingindo o árbitro assistente Elson Passos, que foi atendido pelos médicos do São Paulo e do Atlético-MG.

Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o Santos, no sábado (10). O clássico será disputado na Vila Belmiro, na Baixada Santista.

O Atlético-MG encara o clássico contra o Cruzeiro, também no sábado, em jogo que será disputado no estádio do Mineirão.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat
SOLIDARIEDADE
Jovem faz campanha para pagar cirurgia de cachorro que vive com tumor 'gigante'