Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Santos vence Coritiba por 4 a 2 e volta à ponta

30 Jul 2004 - 08h39

Jogando na Vila Belmiro, o Santos venceu o Coritiba por 4 a 2. Elano, duas vezes, Deivid e Basílio marcaram os gols do time santistas. Para o time curitibano, marcaram Capixaba e Aristizábal.

Com a vitória, o time da Baixada alcançou a marca de 41 gols no campeonato e é o melhor do Brasileiro. Com 35 pontos, reassumiu a liderança, deixando o time do São Paulo em segundo lugar com um ponto a menos. Já o time paranaense permanece em 17º, com 23 pontos na tabela do Campeonato Brasileiro.

O Santos começou o primeiro tempo mal, com muitos erros de passes e saiu perdendo. Mas em dois erros da defesa paranaense, virou a partida e passou a tomar conta da partida.

Aos seis minutos, Tuta recebeu na intermediária e chutou de fora da área. A bola saiu toda torta e saiu a direita de Tapia. Três minutos depois, Adriano cruzou, André Luís afastou mal e Capixaba, de primeira, soltou uma bomba no ângulo de Tapia, que nada pôde fazer.

No minuto seguinte, Luís Augusto arriscou de fora da área e Fernando fez fácil defesa. Porém, aos 12 minutos, o Santos empatou. Paulo César cruzou da direita na cabeça de Deivid, que com tranqüilidade, fez o gol de empate para o Santos. Aos 21 minutos, depois de falta sofrida por Luís Augusto, André Luís arriscou de longe e Fernando fez defesa complicada, depois de a bola bater no chão a sua frente.

Aos 30 minutos, o lateral-esquerdo Adriano bobeou e perdeu a bola para Basílio, que rapidamente tocou para Deivid. O atacante enfiou para Elano na esquerda, que invadiu a área e chutou de perna esquerda, tirando o goleiro Fernando da jogada e virando o placar para o Santos.

Aos 37, Cléber arriscou de longe e Tapia fez a defesa parcial, espalmando para dentro da grande área. Na sobra, o ataque do Coritiba se atrapalhou e a zaga santista afastou. Dois minutos depois, Cléber bateu falta próxima a grande área e assustou o goleiro chileno. Aos 42 minutos, em mais uma falha da zaga curitibana, Deivid roubou a bola pela direita e cruzou na medida para Basílio, que só deu o toquinho para marcar o terceiro gol santista.

O segundo tempo começou com o Santos em cima e com a possibilidade de marcar mais gols. Elano marcou o quarto, mas o time baixada ainda teve, pelo menos, mais três chances claras.

A um minuto de jogo, Léo e Luís Augusto fizeram boa jogada pela esquerda. Léo cruzou e Elano, desequilibrado, tentou cabecear, mas colocou para fora. Um minuto depois, Luís Augusto pegou rebote de falta e bateu forte de fora da área. Fernando fez boa defesa e mandou para escanteio.

Aos sete minutos, o Santos marcou o quarto gol. Em jogada ensaiada, Paulo César tocou rasteiro para Elano, no meio da área, o meia bateu rasteiro e no canto direito de Fernando. Sem chance de defesa. 4 a 1 para o Santos. Logo em seguida, em contra-ataque rápido, Léo, lançou Basílio, que sozinho e cara para o gol, perdeu o tento mais feito da partida ao bater para fora.

Aos 23 minutos, Adriano recebeu de Aristizábal na esquerda e de dentro da grande área soltou a bomba. Tapia fez boa defesa e colocou para longe da grande área. Aos 28 minutos, Luís Augusto lançou Deivid na grande área. O atacante tocou e Fernando evitou o quinto gol santista. Logo em seguida, Elano lançou Deivid e, de novo, de frente para gol chutou em cima do goleiro do Coritiba.

Aos 37 minutos, Marcinho sofreu falta na intermediária. Paulo César ajeitou e bateu com categoria no ângulo esquerdo de Fernando, que fez bela defesa e mandou para escanteio. Aos 43 minutos, Jucemar cruzou, Paulo César esqueceu de pular e Aristizábal, de cabeça, descontou para o Coritiba e sacramentar o placar final da partida.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos